Início » Mobile » Huawei P20 Pro bate com folga Galaxy S9, iPhone X e Pixel 2 em ranking de câmeras

Huawei P20 Pro bate com folga Galaxy S9, iPhone X e Pixel 2 em ranking de câmeras

Por
20 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Os novos topos de linha da Huawei, P20 e P20 Pro, foram anunciados nesta terça-feira (27) com o melhor processador da fabricante chinesa, telas com entalhe na parte superior e outras novidades, mas o foco é fotografia: o P20 Pro tem câmera tripla (!), com um sensor de 40 megapixels. E ele desbancou todos os smartphones do mercado por uma larga vantagem.

No DxOMark, que analisa as câmeras de smartphones a fundo, o P20 Pro atingiu 109 pontos. Ele bateu com folga o Galaxy S9+ (99 pontos), antigo líder do ranking, o Google Pixel 2 (98 pontos) e o iPhone X (97 pontos). O Huawei P20, que possui câmera dupla e um sensor de 20 megapixels, também se deu bem nas avaliações, com 102 pontos.

A câmera tripla do P20 Pro é formada por um sensor monocromático de 20 MP com lente f/1,6, um sensor de 8 MP com lente telefoto f/2,4 e um sensor de 40 MP com lente f/1,8. Esse último tem área de 1/1,78 polegada, o que é aproximadamente o dobro do sensor do Galaxy S9 (1/2,55 polegada), e captura 20% mais luz, compensando a abertura menor da lente.

O DxOMark diz que “o grande sensor na câmera principal combinado com o sensor preto e branco permite excelente desempenho em baixa iluminação e alcance dinâmico líder na categoria; a teleobjetiva de 80 mm em combinação com o chip monocromático de alta resolução oferece o melhor desempenho de zoom que já vimos em um smartphone até o momento. O chip monocromático também é utilizado para ajudar a gerar excelente simulação de bokeh no P20 Pro”.

A câmera é boa em praticamente tudo, segundo o DxOMark: o ruído é bem controlado; o foco automático é rápido e preciso; o alcance dinâmico é amplo especialmente com bastante iluminação; e o efeito bokeh (desfoque de fundo) é excelente. As poucas críticas ficaram por conta de artefatos em cenas com HDR; instabilidades na exposição e balanço de branco quando o zoom é ativado; e marcas alaranjadas ou rosadas sob luz forte e em ambientes internos.

Ainda não há preço ou data de lançamento para o Huawei P20 Pro, mas talvez seja difícil conseguir um: ele não será lançado nos Estados Unidos, já que a empresa enfrenta problemas com o governo americano; e a fabricante chinesa, embora continue forte no setor de infraestrutura de telecomunicações no Brasil, não lança smartphones por aqui há anos.