Início » Celular » Google permite criar conta para menores de 13 anos no Brasil

Google permite criar conta para menores de 13 anos no Brasil

Aplicativo gerencia o que a criança faz com o dispositivo Android, colocar limites de tempo, e bloquear o aparelho na hora de dormir

Felipe Ventura Por

No ano passado, o Google lançou um aplicativo chamado Family Link que permite aos pais criarem contas para seus filhos de até 13 anos. Nesta quarta-feira (28), ele chegou a mais países, incluindo o Brasil.

Com o Family Link, é possível gerenciar o que a criança faz com o dispositivo Android, colocar limites de tempo, e bloquear o aparelho na hora de dormir.

Google Family Link

Além disso, é possível aprovar (ou não) os downloads e as compras do filho na Play Store, e limitar a visibilidade dos apps de acordo com a classificação etária; e até ver a localização do dispositivo.

A criança precisa ter um aparelho com Android 7.0 Nougat ou superior, ou um dos dispositivos compatíveis com Marshmallow (Alcatel Dawn, Alcatel Fierce 4, Alcatel Pixi Unite, LG K3, LG Stylo 2 Plus, LG X Power, Samsung Galaxy Luna, Samsung Galaxy Tab A, Sony Xperia X).

Enquanto isso, os pais podem controlar o dispositivo da criança usando Android 4.4 KitKat e superior, um iPhone ou um iPad.

O Google avisa em comunicado que “o app não torna os aplicativos ou serviços no telefone que foram projetados para adultos seguros para crianças, por isso, cabe aos pais escolherem o que é certo para seus filhos”.

A empresa também lembra que a maioria de seus produtos e serviços “não se destina a crianças, e seu filho poderá usá-los para se comunicar com outras pessoas ou acessar conteúdo inadequado”.

Os termos de serviço do Google proíbem usuários com menos de 13 anos — ainda que algumas pessoas não levem isso à risca. É que alguns países, como os EUA, têm leis bastante restritas (COPPA) para proteger menores na internet.

Com o Family Link, a criança não cria a conta no Google; isso é feito pelos pais. E quando ela completar 13 anos, poderá gerenciar a própria conta — o controle é transferido automaticamente.

O Google avisa que vai coletar dados sobre seus filhos, incluindo localização, voz e registros de servidor. A empresa vai exibir anúncios, mas eles não serão personalizados — só quando eles completarem 13 anos.

O Facebook foi criticado recentemente por ter lançado o Messenger Kids, voltado para crianças entre 6 e 12 anos. Educadores e profissionais de saúde dizem que o aplicativo estimula jovens a passarem mais tempo em smartphones e tablets, causando prejuízos para seu desenvolvimento.

O Family Link estará disponível para iOS e Android.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fernando Delavega
marcos_5000

Parece ser o melhor para cuidar do uso do aparelho para crianças, principalmente as que já não são mais tão novas, já que ele da uma liberdade maior para as crianças, sem tirar dos pais o controle.
Se tivesse suporte para a versão 6.0 (todos os aparelhos, no caso) seria perfeito.