Início » Carro » Tesla é investigada por acidente fatal com carro na Califórnia

Tesla é investigada por acidente fatal com carro na Califórnia

Victor Hugo Silva Por

Depois de um veículo do Uber se envolver em um acidente fatal, foi a vez de um carro da Tesla registrar uma grave colisão. Na sexta-feira (23), um automóvel semi-autônomo da empresa se chocou com uma barreira em uma estrada da cidade de Mountain View, na Califórnia.

Um homem de 38 anos que dirigia seu Tesla Model X morreu logo depois de ser levado ao hospital. O veículo começou a pegar fogo e a área frontal foi totalmente destruída. O que chama a atenção é o fato de o veículo contar com prevenção de colisão autônoma e frenagem automática em caso de emergência. Em uma situação normal, eles poderiam ter evitado o acidente.

Nesta terça-feira (27), a National Transportation Safety Board anunciou que dois de seus investigadores estão analisando o caso. "Ainda não está claro se o sistema de controle automatizado estava ativo no momento da colisão", afirmou a agência pelo Twitter.

Em comunicado, a Tesla afirmou estar "profundamente entristecida" com o ocorrido e disse que irá colaborar com a investigação. Segundo a companhia, a gravidade da colisão ainda não permite recuperar os registros do carro para determinar o que realmente aconteceu.

Para a empresa, o acidente se tornou mais grave por conta da ausência de uma barreira de segurança que deveria estar no meio da avenida. Usado para reduzir o impacto, o item foi removido ou amassado em um acidente interior sem a devida substituição.

A Tesla divulgou duas fotos para comparar a situação do local. A primeira delas mostra onde a barreira deveria estar. A segunda foi tirada por uma testemunha do acidente que passa no local diariamente. A foto foi tirada um dia antes da colisão e mostra a situação do local:

Em sua defesa, a companhia disse que, desde 2015, seu sistema foi usado cerca de 85 mil vezes no mesmo trecho da estrada e nunca registrou um acidente no local. Também lembrou que, segundo pesquisa do governo dos Estados Unidos, seu piloto automático reduz as taxas de colisões em cerca de 40%.

Apesar dos esforços para esclarecer o ocorrido, a Tesla registrou baixa de 8,2% na bolsa de valores na última terça. A queda fez as ações fecharem o dia cotadas em US$ 279,18, o menor valor em quase um ano.

Com informações: TechCrunch, Folha de S.Paulo, Reuters.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vinicius Morais

Curto muito o Tecnoblog, mas ao que me parece eles assumiram uma postura de "não gostamos/confiamos em carros autônomos" e passaram a noticiar tudo sobre esse tema com esse viés. O Tweet da NTSB citado e que, acredito, originou o título do post não diz que o órgão está investigando a TESLA, mas que está investigando o ACIDENTE.

PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Já causa menos acidentes nas estradas...

@Sckillfer

Além do aparente erro de dizer que a investigada é a Tesla e não o acidente, tá escrito interior ao invés de anterior: Usado para reduzir o impacto, o item foi removido ou amassado em um acidente interior sem a devida substituição.

ʞǝʌǝɥs

vai ? quando ?

em trajeto controlado (geofenced) talvez, em open world se isso acontecer vai demorar muito muito tempo ainda

Daniel Teixeira

Na verdade ainda não sabem se o carro estava com em modo autônomo no momento do acidente.

Junior

Acho q todo carro autônomo (ou semi) deveria vir com uma caixa preta estilo avião para casos como este.

Com certeza estes carros são melhores que a maioria de muitos humanos, mas a tecnologia ainda tem bastante chão a percorrer.

Lucas Carvalho

"A exceção co

Matheus Souza

Pelo tweet da NTSB, não parece que eles estão investigando a empresa Tesla, mas sim o acidente em si.
No caso da Uber era um teste privado da empresa, não um carro que o cliente comprou... Sensacionalismo desnecessário no título

Renan

Existe uma série de causas de acidentes impossíveis para carros autônomos, por isso tenho confiança no futuro deles. Dirigir bêbado, usar celular, estar emocionalmente instável, não ter dormido direito, para citar alguns.

Daniel Ribeiro

É capaz que pelo tipo da pancada, o computador tenha sido destruído e os dados ficariam perdidos para sempre. Que tenso... Bom, pelo menos vão pensar em uma forma de evitar isso na próxima vez.

ʞǝʌǝɥs

isso é o só o começo,,,

Rafael Sá Jacques

"segundo pesquisa do governo dos Estados Unidos, seu piloto automático reduz as taxas de colisões em cerca de 40%"
Ou seja, ainda está muito melhor do que o tradicional.

Henrique Dias

Do ponto de vista da empresa deve ser uma insegurança, imagina o analista de mercados da Tesla fazendo a projeção das ações, tem que levar em consideração uma desvalorização nas ações caso ocorra um acidente com um de seus modelos, mesmo antes da empresa poder provar se foi culpa do Software ou do usuário, tenso!

PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Nem que nunca seja perfeito, ainda vai ser melhor do que pessoas dirigindo...

Seraph

Claro eu carro autônomo vai registrar acidente uma hora ou outra.
Vai demorar muito ainda para ser perfeito