Início » Celular » Prefeitura de São Paulo lança aplicativo de táxi

Prefeitura de São Paulo lança aplicativo de táxi

Paulo Higa Por

A Prefeitura de São Paulo lançou nesta segunda-feira (2) um aplicativo próprio de táxi, que deverá concorrer diretamente com outros serviços de transporte privados, como Uber, 99 e Cabify. Disponível para Android, o SPTaxi não cobrará taxa do motorista nesta fase inicial e promete corridas com descontos de até 40% em relação ao preço do taxímetro.

O funcionamento é o mesmo dos concorrentes: “Você define o endereço de destino e como deseja pagar: em dinheiro, cartão de débito ou crédito. Depois é só confirmar a solicitação e aguardar o carro chegar. Você paga o valor aferido pelo taxímetro diretamente ao taxista. Faça corridas seguras com motoristas licenciados e cadastrados junto à Prefeitura de São Paulo com alvarás verificados”, diz a descrição do app.

Há uma limitação importante no lançamento: não será possível pagar a corrida no aplicativo, apenas diretamente ao taxista. A Prefeitura explica que “a disponibilização de máquina de cartão é obrigatória em São Paulo”, mas o motorista pode informar no aplicativo que não aceita cartão de crédito ou débito. Fazendo isso, ele receberá menos chamadas.

O taxista pode oferecer descontos de 10%, 20%, 30% ou 40%, e a diferença é calculada diretamente no aplicativo. A vantagem para o motorista é que, pelo menos no início, a Prefeitura não cobrará nenhuma taxa sobre o valor das corridas, ao contrário dos aplicativos privados, com comissões de 17% a 25%. Quando a taxa for cobrada, ela será “menor do que a praticada no mercado”.

No final da corrida, tanto o passageiro quanto o motorista serão avaliados de zero a cinco estrelas. Os melhores taxistas poderão ser premiados com “prioridade em bolsões de táxi em grandes eventos como em jogos de futebol, shows, etc”.

O SPTaxi já está disponível no Google Play. Uma versão para iOS será lançada em breve.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodrigo Silva

Da para ver que é um fake da Uber pois em vez de falar de aplicativos já citou o nome da empresa. Se um Taxista quiser cobrar preço cheio é so dizer que vai chamar autoridade que isso é crime. Da mesma forma que os motoristas da Uber estão fazendo. Montando grupos em bairros e desligando os aplicativos. Ligando um por vez para sairem e correrem com o preço mais alto sem os usuarios saberem. Pagando corridas dinamicas. Que quando vai ver no taximetro sairia mais em conta, Né amigo

paulo yan

Bem bacana a iniciativa. Espero que dê certo. É preciso modernizar esse sistema. Bom para os taxistas, bom para o consumidor, bom para a concorrência e bom para o mercado.

Felipe Liʍa

pois eh.... mas eh q tem "ALGUNS POUCOS" que ganham muita grana com esse "SISTEMA FECHADO OS TAXIS"! por isso q nao muda!

CtbaBr©

Com taxas menores, no final se arrecada ainda mais, essa ganância desmedida de nossos "governos" é o que trava e inviabiliza o crescimento, especialmente dos pequenos empreendedores!

Trovalds

Ih, já descambou pra bandeira vermelha. Discussão tava boa mas deixa eu sair de fininho porque já sei onde isso vai terminar.

Renato Pretel

Mais parece que o novo aplicativo tá encomodando muita gente, porque será? Quem trabalha honestamente não tem o que temer. Passageiro de táxi é passageiro de táxi e de carrro particular é passageiro de carro particular, cada um faz o seu.

Renato Pretel

Mal profissional tem em todas as áreas, não generalize, o app ajuda inclusive a separ o joio do trigo, tem muita canalhice por parte das empresas que não querem seguir regras, deitam e rola aqui, faturam milhões por dia e não deixa nenhum legado ao país.

Trovalds

Pelo menos a Uber tem políticas honestas a respeito das suas tarifas. Pela LEI o taxista não pode rodar com o taxímetro desligado e cobrar o que quiser. Na prática...

Nechtan

Acho que uma das vantagens é os dados do taxista... Pegar taxi na rua é complicado... no App tem a placa e tudo mais... qualquer problema vc pode procurar seus direitos...
Se vc esquecer algo também, tem os dados lá pra tentar contatar o taxista.

Felipe Liʍa

Mas aii como a prefeitura vai ganhar o dinheirinho encima dos taxistas!? 🤔

Renato Pretel

Pega trouxa é a Uber com tarifa dinâmica em horários de pico e dias de grandes eventos. Aí os usuários de uber nesses eventos vão com o rabo entre as penas atrás do táxi pois a dinâmica chega a ficar 3 x mais caro que o táxi.

J_Eduardo

Algumas coisa para se pensar sobre o tema. O futuro da prestação de serviços passa por apps de smartphone e isso é praticamente inquestionável, mas aqui me ocorre um a dúvida: este app está sendo criado dentro da administração pública (por um prefeito que tem caminhado no sentido de privatizar os serviços e até espaço públicos do município), mas o ponto é que por tras dele precisa haver uma estrutura para que ele funcione e não está sendo cobrado nada, ou seja, alguém estará pagando esta conta e não será o prefeito e nenhuma empresa privada.....é o imposto do paulistano....
Outro aspecto, é que o prefeito termina sua gestão (seja ele ou seu vice, caso querida tentar o gov. Estadual) e penso que quem for eleito pode ser contrário ao conceito do app e o mesmo ser abandonado ou melhor (para quem ficar com ele) privatizado. E isso me reporta a duas outras questões: como ficarão os taxistas??; sendo o app e a empresa pública por trás dele for vendidos quem ficará com a amortização dos custos de implementação e divulgação do sitema se ninguém está pagando nada??? Pelo histórico de privatizações do partido do prefeito, em geral , a venda se da por preços bem aquem do valor da empresa, então está questões precisam ser muito bem explicadas, por que fazer discursos de direita e usar a máquina pública e o dinheiro público para fazer discursos liberais é no mínimo uma baita sacanagem. O que estou propondo com o comentário, não é a crítica ao modelo em si, por que é um boa ideia, mas apenas que as coisas sejam transparentes, pois é uso de dinheiro público, ou seja, nosso dinheiro de impostos.

ʞǝʌǝɥs

gente, alguém explica o que está acontecendo com o Dória, tá virando comunista ???

Alexandre Roberto

entonces...sou parte de uma instituicao sem objetivo de lucro.....vc acha q nao paga nada, mas torra horrores para manter nossas (capengas e dispendiosas) operacoes. E ainda batem palma pra nos, por fazermos algo com custo 2x maiores q as instituicoes privadas...e ainda fazemos com uma "qualidade percebida como inferior"

Felipe P.

Aconteceu um tanto parecido comigo com a 99. Reclamei, deletei e nunca mais usei ou vou usar essa porcaria.

Exibir mais comentários