Tecnoblog

Como saber se você foi afetado pelo caso Cambridge Analytica no Facebook

O caso Cambridge Analytica é mais grave do que se imaginava. Segundo o Facebook, ele atinge 87 milhões de pessoas, incluindo 443 mil usuários do Brasil. A partir desta segunda-feira (9), você poderá descobrir se seus dados foram expostos.

Para isso, visite este link. Trata-se de uma ferramenta do Facebook que mostra se você foi afetado.

Em caso positivo, a página dirá que você ou um amigo fez o teste “This Is Your Digital Life”. Isso significa que o aplicativo teve acesso ao seu perfil público, curtidas de páginas, data de nascimento e cidade atual.

Infelizmente, não há muito o que você pode fazer. A Cambridge Analytica diz que esses dados foram destruídos, mas eles ainda estão circulando pela internet. O teste de personalidade foi removido do Facebook em 2015, mas a rede social não avisou ninguém na época.

Em caso negativo, a página dirá: “Com base em nossos registros disponíveis, nem você, nem seus amigos entraram no aplicativo ‘This Is Your Digital Life’. Como resultado, não parece que suas informações do Facebook tenham sido compartilhadas com a Cambridge Analytica”.

Este é o aviso em caso positivo, via Mashable:

E este é o aviso em caso negativo:

Além disso, os usuários começarão a ver um aviso “Protegendo suas informações” no topo do feed de notícias. Se você foi afetado, o aviso dirá que um de seus amigos fez o teste “This Is Your Digital Life”, e que esse site “pode ter abusado de algumas de suas informações no Facebook ao compartilhá-las com uma empresa chamada Cambridge Analytica”.

Mas se você não foi afetado, haverá um aviso genérico sobre privacidade, e um botão para gerenciar aplicativos e sites conectados à sua conta do Facebook. Agora é possível excluí-los mais facilmente, selecionando cada um e clicando (ou tocando) em Remover.

Para recapitular: cerca de 270 mil usuários do Facebook fizeram um teste de personalidade chamado This Is Your Digital Life. Ele coletava os dados de cada pessoa e de todos os amigos dela, incluindo data de nascimento, cidade atual, interesses e curtidas.

Ou seja, você pode ter sido exposto, mesmo que nunca tenha sequer ouvido falar desse teste. Ele coletou dados de 87 milhões de pessoas, segundo o Facebook, que foram repassados para a Cambridge Analytica, violando regras da rede social.

Isso impactou cerca de 70 milhões de pessoas nos EUA, 1 milhão no Reino Unido, e 443 mil no Brasil. Mas Sheryl Sandberg, diretora de operações do Facebook, diz não saber ainda todos os tipos de dados que foram coletados.

Após o escândalo, o Facebook reduziu a quantidade de dados que aplicativos podem obter sobre você; e prometeu simplificar os controles de privacidade. A empresa está sendo investigada em vários países, incluindo EUA, Reino Unido e Brasil.

Com informações: Mashable. Atualizado em 10/04.