Início » Gadgets Negócios » Startup que criou impressora que não precisa de tinta recebe investimento milionário

Startup que criou impressora que não precisa de tinta recebe investimento milionário

Por
14 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Já pensou em quanto você gasta com cartuchos de impressão? Por mais baratos que sejam, eles se tornam despesas constantes na vida de qualquer um que tenha uma impressora. E uma alternativa para acabar com esses gastos pode estar mais perto da realidade.

A Tocano, startup que desenvolveu uma técnica de impressão sem tinta, recebeu um financiamento anjo de 1,2 milhão de euros. O valor servirá para ajudar a empresa a atingir o que eles chamam de “performance de impressão competitiva”.

O método da startup permite imprimir documentos em preto e branco sem a necessidade de cartuchos ou de papéis especiais. Sob a marca Inkless, a impressora usa um laser infravermelho para carbonizar a superfície do papel e gravar as informações.

A imagem abaixo mostra um protótipo da impressora e um exemplo de uma impressão:

Atualmente, alguns aparelhos prometem realizar a tarefa de forma parecida, mas existem exigências como usar somente papéis compatíveis. Segundo os desenvolvedores, a Inkless é capaz de imprimir a cor preta em tons tão escuros quanto os das impressoras convencionais.

A Tocano foi fundada em 2015 por dois estudantes da Delft University of Technology, na Holanda. Hoje, a startup tem uma equipe de oito funcionários e faz parte de uma incubadora.

Apesar do investimento, a empresa entende que até o final do ano será necessária uma nova rodada para, de fato, construir seu primeiro produto comercial. Detalhes como o valor para venda ainda não foram definidos.

Porém, a empresa já sabe que seu primeiro produto se concentrará no setor industrial. A ideia é reduzir os gastos com etiquetas de códigos de barras e prazos de validade, por exemplo. Só depois é que o produto deverá ser levado para outros segmentos, incluindo os usuários individuais.

Com informações: TechCrunch.