Início » Telecomunicações » TIM lança banda larga por fibra de até 2 Gb/s

TIM lança banda larga por fibra de até 2 Gb/s

Operadora revela TIM Live com fibra óptica até a residência do cliente (FTTH) e comenta expansão para outros estados do Brasil

Paulo Higa Por

A TIM anunciou nesta sexta-feira (13) os novos planos da TIM Live Fibra, serviço de banda larga com instalação de fibra óptica até a residência do cliente. As velocidades de download começam em 100 Mb/s e podem chegar a 2 Gb/s (gigabits por segundo), a mais rápida oferecida atualmente no país. Os planos serão vendidos em pacotes com telefone fixo e serviços de streaming de vídeo a partir de 16 de abril.

Até então, a TIM Live funcionava com a tecnologia FTTC (Fiber to the Curb), em que a fibra óptica chegava até um gabinete mais próximo do cliente e depois os dados eram transportados por meio de um cabo de par metálico, com VDSL2+. Ainda será possível contratar o serviço nessa tecnologia, em velocidades de 40 e 60 Mb/s. A TIM adianta ao Tecnoblog que haverá planos de até 150 Mb/s com FTTC.

O novo serviço se baseia no FTTH (Fiber to the Home), em que a fibra óptica vai até a casa do usuário, semelhante ao funcionamento da Vivo Fibra. A tecnologia estava sendo testada com um grupo de consumidores desde setembro de 2017 e agora será lançada em “quase 20 bairros” de São Paulo e Rio de Janeiro. A operadora não informa a lista completa de bairros, mas diz que cobrirá cerca de 200 mil domicílios.

A vantagem é que o FTTH permite velocidades mais altas: é a primeira vez que uma operadora terá banda larga de 2 Gb/s no Brasil, quebrando um recorde da própria TIM, quando a empresa lançou um serviço de internet de 1 Gb/s. O problema, claro, é que o seu salário precisa dar conta da mensalidade. Estas são as velocidades e os preços da TIM Live Fibra:

  • 100 Mb/s de download e 40 Mb/s de upload: R$ 130
  • 150 Mb/s de download e 40 Mb/s de upload: R$ 160
  • 300 Mb/s de download e 150 Mb/s de upload: R$ 240
  • 500 Mb/s de download e 250 Mb/s de upload: R$ 450
  • 1 Gb/s de download e 300 Mb/s de upload: R$ 860
  • 2 Gb/s de download e 500 Mb/s de upload: R$ 1.560

Nos planos com FTTH, a TIM cobra uma taxa de habilitação para instalação de fibra óptica, com doze parcelas de R$ 10 (100 Mb/s) até R$ 50 (2 Gb/s). Os preços são ligeiramente mais competitivos que os da banda larga avulsa da Vivo Fibra, que cobra R$ 169,99 por 100 Mb/s e R$ 244,99 por 300 Mb/s de download.

Como fez nos planos pós-pagos da telefonia móvel, a TIM incluiu serviços de valor adicionado (SVA). Os benefícios variam de acordo com o plano, mas é possível ter acesso aos conteúdos do Esporte Interativo, Cartoon Network, Looke e o recém-lançado Fox+; eles também serão vendidos separadamente. A partir de 300 Mb/s, a TIM oferece sem custo adicional o Power Wi-Fi, que aumenta o alcance da rede sem fio do usuário.

Estes são os pacotes e benefícios de cada plano, sendo que todos incluem serviço de telefonia fixa (VoIP) na mensalidade:

Serviço de TV por assinatura? Não tão cedo

A TIM é a única entre as quatro grandes operadoras a não fornecer um serviço de TV por assinatura no modelo tradicional. Parece que isso não vai mudar tão cedo: em entrevista ao Tecnoblog, o vice-presidente da unidade de negócios residenciais e PME da TIM Brasil, Fabiano Ferreira, comenta que a oferta de serviços de streaming faz mais sentido “quando se olha o que está acontecendo mundo afora”.

“O que estamos vendo é que o foco de investimento das grandes companhias é ter uma boa plataforma de distribuição de over the tops [entrega de conteúdo pela internet], em que o cliente pode acessar qualquer conteúdo em qualquer lugar nos seus dispositivos móveis e na TV. Hoje, 85% dos nossos consumidores têm Smart TVs e 90% deles utilizam a Smart TV com frequência para acessar conteúdos na internet”, diz Ferreira.

Mas essa velocidade de 2 Gb/s é só para inglês ver?

Fibra óptica

Serviços de banda larga com velocidades altíssimas não são novidade no mercado brasileiro, mas sempre tiveram cobertura muito restrita. A própria TIM lançou um plano de 1 Gb/s no passado, mas nem todo mundo podia contratá-lo; a NET também chegou a anunciar uma banda larga de 500 Mb/s, mas o serviço nem sequer é mais destacado no site da empresa.

E o novo plano de 2 Gb/s? Um ponto positivo do FTTH é que há menos problemas com disponibilidade técnica, diferente do DSL, em que há degradação de sinal dependendo da distância do armário até a casa do cliente. “A velocidade vai estar disponível para qualquer um que estiver em uma região com FTTH. Tendo fibra, pode ter 2 Gb/s”, diz Ferreira.

O problema é que a própria disponibilidade de FTTH na TIM Live é bastante limitada, com menos de 20 bairros cobertos em São Paulo (Tucuruvi, Vila Carrão, Interlagos, Socorro, Jardim Santa Cruz, Horto Florestal e mais) e no Rio de Janeiro (Tijuca, São Cristóvão, Rio Comprido, Madureira, Grajaú e mais). No entanto, a operadora planeja “cobrir um quarto das grandes cidades com fibra óptica” em curto prazo.

Expansão da TIM Live para outras regiões do Brasil

Por enquanto, a TIM Live só funciona nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, mas a operadora anunciou que planeja levar o serviço de banda larga fixa para 10 novas cidades até o final de 2018. Ferreira não informa a lista de municípios, mas revela com exclusividade ao Tecnoblog que eles estarão nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e Norte, e será possível assinar inclusive os planos com FTTH.

A empresa também aposta na banda larga fixa por 4G para expandir o serviço em regiões mais afastadas. Até então conhecido como TIM Casa Internet, ele será renomeado para TIM Live Internet, mas os planos em nada se parecem com os lançados hoje: eles têm velocidades de download mais baixas e impõem franquia de dados. O serviço está presente em 67 cidades e possui mais de 2 mil assinantes.

Atualizado às 12h33 com velocidades de upload e bairros com FTTH.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eduardo Frazão

Eu tenho 1gbps aqui e cara, é bom demais :).

Eduardo Frazão

Fico imaginando quem vai investir em Switchs com portas de 10gbps ou 2.5gbps, quem vai colocar essas NICs nos seus PC's pra atingir esse pontencial.
Eu tenho 1gbps de link aqui e poucos equipamentos aqui usam. Mais meu PC de trabalho mesmo.

Rubens

Nao, voce está errado. A operadora nao é obrigada a vender. Voce deve estar confundindo as coisas com a concessão de serviço publico, onde a empresa precisa seguir o contraro de concessão. Só que internet nao é concessão, é autorização, entao a empresa nao é obrigada a lhe vender coisa alguma.

Rubens

Combo nada tem a ver com o que estamos falando... O caso aqui é: se voce quer apenas uma banda larga de uns 100 reais voce tem, so que na hora de receber a fatura a operadora vai dizer que a internet mesmo custa 70 e que R$ 30 é por um joguinho de ping-pong online. É isso.

Théo

Vejo muita gente reclamando da net Além disso meu contrato não tem a cláusula de franquia. Por isso tbm que acabo não trocando de plano

Jackson Menezes

Para muitas empresas o custo/beneficio não é alto, hoje mesmo eu moro na zona sul de são paulo e a VIVO tem a maior parte dos clientes, eu so vejo melhora quando outra operadora passa pelos bairros que ela atende. Eu mesmo pago 60 reais em 2Mb e mais 40 reais na linha telefônica, com esse valor conseguiria uma internet de alta velocidade. Mais hoje infelizmente a VIVO não faz nada para sequer aumenta a CONEXÃO ADSL ou VDSL.

Telma Lira

Calma que logo vcs terão VIVO de até 300 MB. Ao que tudo indica, logo vão expandir! Ao menos é pra ser assim.

nimbus low

não estou reclamando não, só acho que seria muito bom termos tantas opções quanto temos em são paulo e poder escolher a operadora que quisermos...

Geraldo Lopes

Até que a NET é mais flexível e apenas cobra um pouco mais caro só pela banda larga. Agora, tenta assinar a banda larga da VIVO... não aceitam sem levar um telefone fixo. Tentei cancelar o fixo na VIVO e não aceitavam sem cancelar a banda larga. Cheguei a reclamar na ANATEL e de nada adiantou...

Alexandre Assis

Aqui so tem Oi ! Não adianta investir em velocidade e não tem cobertura. Moro em Salvador e aqui sempre foi Oi , apenas por falta de opção pq assim que qualquer outra aparecer , eu saio da Oi

Adriano Garcez

A Vivo aqui é excelente, mas é cara. Pagaria menos da metade por 50MB na Net, mas TODO MUNDO fala que o serviço é uma porcaria por aqui. Não tive coragem de arriscar a troca até hoje graças a isso.

Adriano Garcez

Pior é morar no Acre do Sudeste. Até onde sei, não tem Vivo Fibra no ES. Pago R$240 por 35MB. Pelo menos o serviço é excelente 24h por dia.

Seraph

E as fontes disso aí?

Kang Otro ✓

É verdade, compare uma css de carros com internet de fibra ótica ...

gabriel

aqui em Brasilia a vivo gvt passou a fibra em todas as ruas da minha região e mesmo se não tiver a caixa perto eles ligam a fibra em outra rua. deveria ser assim pra tu.

Exibir mais comentários