Início » Segurança » EUA deixam de exigir assinatura no recibo para compras com cartão de crédito

EUA deixam de exigir assinatura no recibo para compras com cartão de crédito

Por
14 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Ao pagar com cartão de crédito nos EUA, às vezes é preciso deixar uma assinatura no recibo para autorizar a transação. Este método está longe de ser o mais seguro, e vem sendo substituído pelo chip e senha de quatro dígitos.

A assinatura não será mais exigida nos EUA a partir desta sexta-feira (13), começando por cartões da Mastercard, American Express e Discover. A Visa deixará de usá-la no fim do mês. Porém, algumas lojas devem manter esse antigo método.

Foto por Alina Kuptsova/Pixabay

A decisão de acabar com essa exigência partiu da Mastercard, em outubro do ano passado. A empresa entendeu que, além de não oferecer tanta segurança, a necessidade de assinar papéis atrasava o processo de compra.

No entanto, segundo o The Verge, caberá às lojas decidir se as assinaturas serão ou não necessárias. Target e Walmart são algumas das que pretendem acabar com a obrigação ainda esse mês. Já a Square, que oferece leitores de cartão para pequenos lojistas, seguirá pedindo a verificação aos consumidores.

É que, nos EUA, alguns cartões autorizam transações através da combinação de chip e assinatura, em vez de chip e senha — como no Brasil e outras partes do mundo.

Há alguns anos, o país começou a adotar os chips nos cartões, por conta de uma política que obrigava emissoras e lojas a mudarem para o sistema. Em vez de também aderir à senha de quatro dígitos, algumas operadoras continuaram dependendo das assinaturas.

Apesar dessa transição incompleta — eles deveriam ter adotado senhas! — a assinatura será, cada vez mais, uma coisa do passado.