Início » Segurança » EUA deixam de exigir assinatura no recibo para compras com cartão de crédito

EUA deixam de exigir assinatura no recibo para compras com cartão de crédito

Por
13/04/2018 às 11h46
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Ao pagar com cartão de crédito nos EUA, às vezes é preciso deixar uma assinatura no recibo para autorizar a transação. Este método está longe de ser o mais seguro, e vem sendo substituído pelo chip e senha de quatro dígitos.

A assinatura não será mais exigida nos EUA a partir desta sexta-feira (13), começando por cartões da Mastercard, American Express e Discover. A Visa deixará de usá-la no fim do mês. Porém, algumas lojas devem manter esse antigo método.

Foto por Alina Kuptsova/Pixabay

A decisão de acabar com essa exigência partiu da Mastercard, em outubro do ano passado. A empresa entendeu que, além de não oferecer tanta segurança, a necessidade de assinar papéis atrasava o processo de compra.

No entanto, segundo o The Verge, caberá às lojas decidir se as assinaturas serão ou não necessárias. Target e Walmart são algumas das que pretendem acabar com a obrigação ainda esse mês. Já a Square, que oferece leitores de cartão para pequenos lojistas, seguirá pedindo a verificação aos consumidores.

É que, nos EUA, alguns cartões autorizam transações através da combinação de chip e assinatura, em vez de chip e senha — como no Brasil e outras partes do mundo.

Há alguns anos, o país começou a adotar os chips nos cartões, por conta de uma política que obrigava emissoras e lojas a mudarem para o sistema. Em vez de também aderir à senha de quatro dígitos, algumas operadoras continuaram dependendo das assinaturas.

Apesar dessa transição incompleta — eles deveriam ter adotado senhas! — a assinatura será, cada vez mais, uma coisa do passado.