No ano passado, a SpaceX — do bilionário Elon Musk — divulgou seu plano de realizar voos intercontinentais usando foguetes. Seria possível, por exemplo, fazer uma viagem de Nova York até Paris em 30 minutos.

Na época, Musk não deu um prazo para realizar esses planos. Mas Gwynne Shotwell, presidente e diretora de operações da SpaceX, disse recentemente que isso “definitivamente vai acontecer” — e “na próxima década, com certeza”.

Na TED Conference em Vancouver (Canadá), Shotwell explicou que um foguete grande, capaz de transportar cerca de 100 pessoas, levantaria voo e pousaria em bases a até 10 km distantes do centro das cidades.

O foguete iria até a estratosfera e retornaria à Terra a uma velocidade máxima de 27.000 km/h. Ele chegaria até uma altitude onde quase não enfrentaria resistência do ar ou do vento, reduzindo o consumo de combustível.

Enquanto um avião de longa distância geralmente faz apenas um voo por dia, o foguete poderia seguir a mesma rota cerca de dez vezes por dia. Isso iria reduzir os custos, segundo Shotwell.

Claro, a viagem ainda sairia cara. Ela estima que a passagem custaria estaria entre a classe econômica e a classe executiva, ou seja, milhares de dólares para um voo transoceânico. “Mas você faria isso em uma hora”, lembra a presidente da SpaceX.

“Eu estou pessoalmente investida nisso”, disse Shotwell, “porque viajo muito e não adoro viajar. E adoraria poder ver meus clientes em Riade [na Arábia Saudita], sair de manhã e voltar a tempo de fazer o jantar”.

A SpaceX também espera realizar uma missão tripulada até Marte em 2024.

Com informações: Recode.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

renan Brait

A questão é ultrapassar a velocidade do som!
você tem que ter um reforço tremendo para fazer isso, a barreira sônica fica ali, e pra ultrapassar você teria que ter uym avião muito resiste e alongado para ficar dentro do cone

https://pt.wikipedia.org/wi...

mattgearhead

E a pergunta que não quer calar, num vôo de 20 minutos, em qual momento da viagem vão servir o lanche?

mattgearhead

Pra reuniões existe a teleconferência, esses foguetes vão ser pra turismo mesmo, sendo o trajeto de ida e volta a parte mais legal do passeio ehhehe

Em nome da justiça

O foguete está sendo desenvolvido como um foguete comercial, a própria estrutura dele, eu concordo que foguetes são bem perigosos, mas se ele vai arriscar levar pessoas pra marte, por que não na terra? Muitos duvidam por ser uma coisa muito surreal, mas veja o lançamento do falcon heavy, me diga se aquilo não foi surreal, esse é o elon musk, o cara tem um puta foguete e já quer partir para outro, o big fucking rocket que vai transportar pessoas para qualquer lugar do planeta em pouco tempo e levar pra marte.Uma coisa já é certa, o projeto do bfr já está a todo vapor!!!

https://uploads.disquscdn.c...

꧁꧂ Bad Vibes ꧁꧂

Agora vi vantagem 🔝

Pex

CO2 e vapor de água. E menos do que um voo comercial transcontinental de 18h.

Gustavo Rotondo

se depender da minha, foram 181 dias

Gustavo Rotondo

o barco tambem terão foguetes.

R0gério

*Ctba/sua casa: tempo padrão dos Correios.*
Se depender de uma compra minha na Gearbest, esse prazo é só de 60+ dias...

꧁꧂ Bad Vibes ꧁꧂

Vai de barco até o foguete??
Vai demorar mais para chegar no "míssil" do que a viagem propriamente dita.
Sem contar o risco da quantidade de combustível e demora no reabastecimento, que é realizado no momento que o foguete está pronto para partir.

É tanta incoerência que nem dá para listar tudo...

Krosna Terrestre

foguete elétrico

Blind

E a poluição?

NoMeansNo

É conveniente lembrar que em 1978 o mundo tinha transporte supersônico civil. Extremamente caro. Mas existia. Estamos em 2018 e não existe transporte supersônico civil. Nem barato. E nem caro. Uns dizem que o mundo evolui. Uns dizem que não...

Nao sei cara. a resistência do vento nao permite que isso se altere de maneira proporcional. Se não me engano os outros 400 cavalos que um Bugatti Veyron tem é só para atingir os 80 km/h faltantes antes de atingir 400 km/h. A resistência do ar não deixará (na minha opinião como leigo) uma turbina e um avião avançarem muito mais...

Drax

É essa a diferença. Seria algo lançado em escala comercial, afetaria centenas ou até milhares de pessoas. É muito mais de que meia dúzia de astronautas.

Exibir mais comentários