Início » Gadgets » 7 problemas que já apareceram no iPhone X

7 problemas que já apareceram no iPhone X

Celular mais caro da Apple é o melhor em muitas coisas, mas não é perfeito

Por
1 ano e meio atrás

Você já leu em nosso review do iPhone X: o melhor custa caro. Definitivamente, o smartphone mais caro da Apple acerta em diversos pontos, como a melhor tela de smartphone já testada pelo DisplayMate.

Ainda assim, desde o seu lançamento, alguns problemas de hardware que podem prejudicar a experiência do usuário foram vistos no iPhone X. Claro, são problemas isolados e que definitivamente não afetam todos os usuários, mas é bom ficar atento caso algo do tipo aconteça com o seu smartphone.

1. Smartphone “mais quebrável” da Apple

Com uma enorme tela de 5,8 polegadas na frente do aparelho, não tem como: se você derrubá-lo no chão, a probabilidade de quebrar é alta. Foi esse o teste que a SquareTrade fez, classificando o iPhone X como o smartphone “mais quebrável” da Apple.

Foram três quedas propositais, todas a 1,80 m de altura: com tela para baixo, com traseira para baixo e de lado. Nesta última, a display OLED parou de funcionar completamente e a tela até se separou do corpo do aparelho. Nas duas primeiras, o vidro foi completamente estilhaçado.

Por mais que essas quedas tenham sido propositais, é bom tomar cuidado. No Brasil, a Apple cobra R$ 1,5 mil para trocar a tela do iPhone X, ainda que dentro da garantia, caso o dano tenha sido acidental.

2. Linha verde na tela do iPhone X

Esse problema aconteceu logo no lançamento do aparelho: algumas unidades que os consumidores receberam estavam com uma fileira vertical de LEDs verdes na tela, problema que foi apelidado de “linha verde da morte”. Fora a questão estética, a linha não comprometia a usabilidade do aparelho.

Acredita-se que o problema tenha sido causado por uma falha elétrica, que fez a tensão subir para os subpixels verdes ao lado da borda do iPhone X. A Apple trocou o display dos celulares afetados.

3. Tela trava em baixas temperaturas

Também no começo das vendas do aparelho, alguns consumidores relataram que a tela do iPhone X deixou de responder, principalmente quando ele tinha acabado de ser exposto a um ambiente frio, com temperatura próxima de zero. A tela voltava ao normal alguns segundos depois.

Segundo a Apple, o iPhone X é feito para funcionar entre as temperaturas de 0°C e 35°C, mas ainda assim confirmou que esse comportamento era um problema. Algumas semanas depois, o bug foi consertado por uma atualização de software, na versão 11.0.2.

4. Alto-falante com sons esquisitos

Foto por William Hook/Flickr

Essa mesma atualização, segundo a Apple, consertou um problema que pouquíssimos usuários estavam passando: o alto-falante de algumas unidades do iPhone X estava soltando alguns estalos quando o volume estava alto ou no máximo. Felizmente, o problema foi totalmente corrigido via software.

5. Problemas para receber ligações no iPhone X

Outro problema relatado por centenas de usuários foi a impossibilidade de receber ligações em alguns momentos. A função mais básica do celular ficava indisponível porque a tela do iPhone X se apagava por cerca de dez segundos enquanto o celular estava tocando, inclusive com som e vibração.

Na época, a Apple disse estar investigando o problema.

6. Face ID pode ser burlado, mas é muito difícil

Poderia ser um problema de segurança, mas é muito difícil de reproduzir. Uma empresa vietnamita chamada Bkav tentou de todas as formas enganar o sistema de reconhecimento facial da Apple, e conseguiu.

Deu trabalho, no entanto: eles construíram uma máscara de plástico impresso em 3D, combinado com silicone, maquiagem e alguns pedaços de papel. Foram US$ 150 gastos em materiais.

A construção da máscara levou uma medição bem precisa do rosto de alguém; se alguém tivesse todos esses recursos e materiais, precisaria de um scanner e de que o rosto ficasse estático por cinco minutos. Assim, ela conseguiria invadir o celular.

Vale lembrar que o iPhone X é desativado pelo iOS depois de cinco tentativas de desbloquear a tela, então as chances de replicar esse processo são bem limitadas.

7. Distorção em Live Photos e vídeos

Na época do lançamento, foi relatado um problema de software fazia com que as Live Photos e alguns vídeos capturados com o iPhone X ficassem distorcidos. Ele não acontece mais, já que foi consertado junto com o bug de número 3.

Bônus: iPhone X sofre burn-in, mas demora

Assim como toda tela OLED, o iPhone X também sofre burn-in, quando uma parte da tela fica com um “fantasma” de algum elemento que foi exibido lá por um tempo. Mas ele deve demorar bastante em situações normais de uso.

Um site coreano resolveu colocar à prova as telas do iPhone X, Galaxy S7 Edge e o Galaxy Note 8 para esse problema. Ele exibiu uma imagem estática com o brilho no máximo por 510 horas — algo fora dos padrões de uso comuns — e constatou que o topo de linha da Apple demora 17 horas para apresentar sinais de burn-in.

Não precisa se preocupar: as fabricantes, inclusive a Apple, normalmente implementam alguns recursos de software para evitar o burn-in, como trocar milimetricamente o lugar dos botões, fazendo com que o fantasma não aparecesse (ou demorasse a aparecer).