Início » Celular » Motorola lança Moto G6, G6 Play e G6 Plus no Brasil

Motorola lança Moto G6, G6 Play e G6 Plus no Brasil

Estes são os preços e ficha técnica dos Moto G6 e Moto E5

Paulo Higa Por

A Motorola anunciou nesta quinta-feira (19) a sexta geração do Moto G, que será vendida no mercado brasileiro em três variantes: Moto G6 Play, o modelo simples com bateria de alta capacidade; Moto G6, com hardware de smartphone intermediário; e Moto G6 Plus, que traz números maiores, incluindo 4 GB de RAM e armazenamento de 64 GB.

Os aparelhos chegam ao mercado com telas 18:9 e bordas reduzidas, bem como leitor de impressões digitais, proteção contra respingos de água e construção em vidro e metal. Eles ficam posicionados logo acima da quinta geração de baixo custo da marca, que terá duas variantes: Moto E5 e Moto E5 Plus.

Moto G6 Play

O Moto G6 Play foca na autonomia, como é de costume na linha Play. A bateria de 4.000 mAh com tecnologia de carregamento rápido (TurboPower de 15 watts) dá conta de uma tela de 5,7 polegadas com resolução de 1440×720 pixels, processador octa-core Snapdragon 430 de 1,4 GHz, 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento, com possibilidade de expansão por microSD.

Ele vem com leitor de impressões digitais na traseira, entrada para dois chips de operadoras e câmeras frontal de 8 megapixels (f/2,2) e traseira de 13 megapixels (f/2,0), ambas com flash LED. O Android é o 8.0 Oreo, e a Motorola adicionou o tradicional revestimento contra respingos de água.

O Moto G6 Play estreia hoje no Brasil com preço sugerido de R$ 1.099.

Moto G6

O modelo padrão do Moto G6 é uma atualização do Moto G5s, com tela maior e hardware atualizado. Desta vez, temos um painel de 5,7 polegadas que segue a tendência de mercado, com proporção 18:9 e resolução de 2160×1080 pixels, além de 3 GB de RAM, 32 GB de armazenamento, bateria de 3.000 mAh e processador octa-core Snapdragon 450 de 1,8 GHz.

A câmera dupla, antes restrita à variante mais cara, agora está no modelo intermediário do Moto G6, com sensor principal de 12 megapixels (f/1,8) e um secundário de 5 megapixels (f/2,2). Na frente, as selfies são tiradas com resolução de 8 megapixels (f/2,2), auxiliadas por um flash LED.

O design do Moto G6 tem uma carinha de Moto X4, com traseira de vidro curvado nas laterais e anel texturizado ao redor da câmera dupla. A Motorola continua estampando seu logotipo na frente do aparelho, porque sim, e há um pequeno espaço reservado abaixo da tela para o leitor de impressões digitais.

No Brasil, o Moto G6 será vendido a partir de hoje nas cores preto, azul, prata e ouro rosé, com preço sugerido de R$ 1.299.

Moto G6 Plus

Por fora, o Moto G6 Plus é um Moto G6 esticado: ele mantém as linhas de design do irmão mais acessível, mas traz uma tela maior (5,9 polegadas) de mesma resolução e um hardware mais potente, que esbarra nos intermediários premium.

A versão potente do Moto G6 tem processador octa-core Snapdragon 630 de 2,2 GHz, 4 GB de RAM e 64 GB de memória interna com possibilidade de expansão por microSD. A bateria aumenta só um pouco de capacidade: são 3.200 mAh.

Os números da câmera frontal permanecem os mesmos do Moto G6, enquanto a traseira chega com uma diferença: a lente principal tem abertura maior, de f/1,7.

Ele será vendido a partir de hoje no mercado brasileiro por R$ 1.599.

Moto E5 e E5 Plus

O Moto E também ganhou novidades. A linha de baixo custo da Motorola permanece com o foco em bateria, como na geração anterior, mas ganhou características de aparelhos mais caros. O Moto E5 chega com 4.000 mAh, enquanto o Moto E5 Plus traz um componente de 5.000 mAh, sendo que ambos possuem telas grandalhonas em proporção 18:9.

No Moto E5, temos um processador quad-core Snapdragon 425 de 1,4 GHz, 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento. A câmera frontal é de 5 megapixels (f/2,2), enquanto a traseira é de 13 megapixels (f/2,0). Ele já vem com Android 8.0 Oreo, exibido em uma tela de 5,7 polegadas com resolução HD+ (1440×720 pixels).

Já o Moto E5 Plus tem uma tela de 6 polegadas com resolução HD+ (1440×720 pixels). O restante das especificações permanece o mesmo, com exceção da câmera traseira (que tem resolução de 12 megapixels e foco auxiliado por laser) e da bateria maior, que também possui tecnologia de carregamento rápido (15 watts).

O Moto E5 e E5 Plus serão lançados no Brasil, mas a Motorola ainda não revela preço nem disponibilidade.

Confira nossas primeiras impressões.

Atualizado às 11h44

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

HenryS

Bom...tamo em novembro e essa merda aumentou pra 1900 na loja da moto e 1400 no varejo! Piada!

Seu Madruga Comentarista

Entendi... E faz sentido mesmo

Matheus

beleza, mas ai o moto e plus esbarra no moto g play; por sua vez, o moto g plus esbarra no moto x, que esbarra no moto z play. essas subcategorias dentro das categorias confundem o consumidor e prejudicam ate mesmo a propria motorola, que precisa prestar suporte a cada vez mais celulares.

na epoca do primeiro moto g, nao tinha segredo: tu levava o mesmo aparelho independente da "versao" que tu comprava. a versao music nao trazia um celular diferente ao da versao colors, por exemplo.

Celso

Depende do ponto de vista.

Kodos Otros

Bom, segunda em vendas no Brasil não significa absolutamente nada.

Celso

Só a imagem de divulgação não e o suficiente para se chegar a uma conclusão.

Celso

Pra quê?
Se é a segunda que mais vende por aqui?

Celso

Não tem segredo.
O Play sempre será o mais fraco.
O Plus sempre será o mais potente.
O sem sufixo fica entre os dois.

Melhor do que ela só lançar trocentas variantes diferentes do mesmo Moto G (a primeira geração tinha versão 3G single e dual com 8 e 16 GB, 16 GB com 3 capinhas coloridas, 16 GB com fone de ouvido, e LTE com entrada pra microSD, mas single chip).

Celso

O mercado mobile não é que nem o mercado de consoles.
Na verdade, nunca foi.
Os lançamentos de novas gerações sempre variam entre 6 meses a 15 meses.

Antonio Francisco

Kkkkkk....um monte de entendidos dando seu ponto de vista.....mas sai lançamento e entra lançamento....mas mesmo pagando em 200X...compram.....

Fofiniha Linda

galera veniha vizita meu xat https://xat.com/amigosdafofa2

Tori

:^) eu também.

Vitor Gyn

Exato... povo chato que quer criticar tudo.

Seu Madruga Comentarista

Entendo, igual carro. Até existe o perfeito, mas o preço é surreal, deixando de ser perfeito. Estou com um LG x Power que achei que iria viciar a bateria em dois meses, acho que estou com ele a 1 ano e meio; carga ainda segura bem e realiza todas as funções bem, mesmo sendo um aparelho mais ou menos.

felipegcoutinho

Pq estou no direito de criticar o que bem entender.

Exibir mais comentários