Início » Negócios » Banco Central vai criar sistema de transferências instantâneas entre bancos

Banco Central vai criar sistema de transferências instantâneas entre bancos

Sem restrição de dia e horário

Por
1 ano atrás

O sistema bancário brasileiro é bastante lento para realizar alguns tipos de operações. Um exemplo é a transferência entre dois bancos diferentes. Para que o valor enviado a outra conta seja compensado no mesmo dia, é preciso fazer isso em horário comercial. Caso contrário, a transação só é confirmada no próximo dia útil.

O Banco Central pretende melhorar isso criando um sistema de pagamentos instantâneos. Com ele, tudo ficaria mais parecido com o que ocorre nas movimentações entre clientes do mesmo banco — atualmente, essas são as únicas operações imediatas.

Caixa eletrônico - bancos

Sem restrição de dia e horário, o sistema não terá a intermediação de bancos e será usado em qualquer modelo de transferência: entre pessoas, empresas, e entre pessoas e empresas. As operações poderão ser feitas pelo celular.

Também está nos planos a possibilidade de enviar dinheiro de uma conta corrente para o cartão de crédito de outra pessoa.

Ao desenvolver o sistema, o objetivo do BC é fazer com que os custos de transação sejam menores para estimular a competição no setor de meios de pagamento – isso também inclui as fintechs. Com mais participantes no segmento, a tendência é que as tarifas e os juros cobrados sejam menores.

O papel do Banco Central é o de regular o sistema peer-to-peer (P2P) para permitir as transações diretas. Para isso, o BC pediu sugestões para bancos e administradoras de cartões de crédito.

Ainda sem previsão de lançamento, essa iniciativa precisará de algumas modificações no sistema para poder funcionar.

Será necessário criar uma forma de permitir a transferência de recursos entre contas bancárias e cartões de crédito. Além disso, o Sistema de Pagamentos Brasileiro deverá ser revisado, já que não permite depósitos para contas de bancos diferentes depois do horário comercial.

Com informações: Valor Econômico.