Games clássicos como Super Mario Bros. e Sonic the Hedgehog têm uma característica em comum: a latência elevada. Ou seja, eles costumam demorar algum tempo para exibir na tela os comandos enviados por meio do controle.

O delay é quase imperceptível nos consoles originais, porém fica mais evidente em emuladores. Isso acontece por diversas razões – das características de mouse e teclado até o processamento do vídeo. Por esse motivo, usuários mais assíduos vêm buscando formas de reduzi-lo.

Quem encontrou uma resposta foram os desenvolvedores da RetroArch, uma famosa interface para emular jogos clássicos. Eles conseguiram fazer com que a latência dos games fosse ainda menor do que a existente nos consoles originais.

Consoles como o NES processam o input do usuário ao mesmo tempo em que o próximo quadro está sendo renderizado. Com isso, é necessário esperar esse quadro ser finalizado para a resposta a uma ação ser exibida na tela.

Em alguns casos, a diferença entre o input e a ação na tela pode chegar a quatro frames. O vídeo abaixo dá um exemplo da diferença entre o NES e o emulador que recebeu a melhoria:

Afinal, qual foi a mudança realizada? Para melhorar a experiência, os responsáveis pelo RetroArch “aceleraram” alguns frames inúteis. Assim, os quadros que não mostram nenhuma movimentação passam despercebidos. Em seguida, o quadro em que realmente há alguma diferença é mostrado.

Para manter a experiência do jogo original, o emulador também faz ajustes no áudio. Quando o botão é apertado, a plataforma salva os efeitos de áudio que deveriam aparecer no primeiro frame, e só os carrega no quadro em que há a movimentação.

A mudança exige que os computadores tenham um trabalho maior de processamento. No entanto, ela não chega a ser um grande problema para máquinas mais recentes.

Batizada de LAGFIX, a solução está sendo desenvolvida desde março e deverá continuar recebendo melhorias. A partir de agora, o trabalho também envolve a análise de uma lista de jogos clássicos, para identificar a latência em cada título.

Com informações: Ars Technica.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Roger

Ah, é um pirralho. Ta explicado.

zoiuduu .

hehehe. ^^

Caleb Enyawbruce

Nao po, eu realmente nao tinha visto por esse ponto. O que eu disse foi mais sobre o pessoal mais velho, que jogou na epoca, e que busca mais fidelidade ao original do que rapidez. Mas seu ponto tbm faz sentido.

zoiuduu .

Entendeu memso, ou só tá concordado cmg pra eu calar minha boca chata?

Caleb Enyawbruce

Ah ta, entendi!

zoiuduu .

Como deixou mais rápido que o original , o emulador ganhou publicidade, ganhou até matéria aqui, se não fosse mais rápido que o original não iria virar matéria ^^

zoiuduu .

pode deixar, não falarei seu nome, abraço

Caleb Enyawbruce

?? Entendi nada

Caleb Enyawbruce

disso eu sei, to falando de fidelidade ao original

Roger

Se nao usa, nao fala merda. abraço

Luiz Alberto

kkkkkkkkkk

Orlando Junior

Acho que menos pq você terá uma resposta mais rápida. Eu sempre achei os jogos muito lentos e caia muito em buraco. Meu tempo de resposta não é muito bom kkk

Deve ser por isso que odeio fps e amo rpg

Silent

Agora joguem o NES Mini no lixo kkk mentira roda retroarch nele também :v (Tomara que tenha suporte a essa opção)

Alborghetti

Isso me lembrou aquele passatempo da Turma da Mônica onde quem chama pedra de rocha, se surpreende com o resultado.

https://img.buzzfeed.com/bu...

Fábio Schneider da Silva

kkkkk.... verdade!

Exibir mais comentários