Início » Celular » Meizu 15 Plus traz boas especificações e evita entalhe na tela

Meizu 15 Plus traz boas especificações e evita entalhe na tela

Felipe Ventura Por

Para comemorar seu 15º aniversário, a chinesa Meizu anunciou neste domingo (22) uma nova linha de smartphones com boas especificações e que — ao contrário de muitas fabricantes — evitam o entalhe na tela.

O mais interessante é o Meizu 15 Plus. Ele tem processador Samsung Exynos 8895, o mesmo do Galaxy S8 e Note 8. São 6 GB de RAM e 64/128 GB de armazenamento.

Este modelo possui tela Super AMOLED de 5,95 polegadas com resolução 2560 x 1440. Logo abaixo dela, está o leitor de digitais, que ganhou um novo motor de vibração para simular a sensação de pressionar um botão físico — semelhante ao iPhone 7 e 8.

A câmera frontal tem 20 megapixels. Enquanto isso, a câmera traseira é dupla, com sensores da Sony de 12 megapixels e 20 MP, zoom óptico de 3x, e flash em forma de anel.

A bateria de 3.500 mAh tem carregamento rápido mCharge 4.0 (24 W). E há uma entrada tradicional para fone de ouvido, além da porta USB-C. Tudo isso custa o equivalente a R$ 1.600 na China (pelo modelo de 64 GB).

Por sua vez, o Meizu 15 é ligeiramente mais modesto. Ele tem processador Snapdragon 660, 4 GB de RAM e 64 GB/128 GB de armazenamento. Desde o ano passado, a fabricante passou a adotar processadores da Qualcomm.

A tela Super AMOLED de 5,46 polegadas tem resolução Full-HD. As câmeras são exatamente as mesmas do modelo Plus (traseira dupla de 12 MP + 20 MP, frontal de 20 MP), mas a bateria é de 3.000 mAh. O Meizu 15 custa o equivalente a R$ 1.350 na China.

Por fim, temos o Meizu 15 Lite. Ele também possui uma tela de 5,46 polegadas com resolução Full-HD, mas usa painel LCD (em vez de AMOLED).

Por dentro, temos um Snapdragon 626, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento. A câmera traseira tem um sensor de 20 megapixels, e a câmera frontal também tem 20 MP. A bateria é de 3.000 mAh. O Meizu 15 Lite custa o equivalente a R$ 925.

O Meizu 15 Plus, 15 e 15 Lite rodam Flyme 7, sistema baseado no Android. A versão mais recente inclui um modo noturno que reduz a luz azul da tela; e gestos para abrir apps específicos.

Os aparelhos serão lançados na China em 29 de abril, sem previsão para o Brasil. Vale lembrar, no entanto, que a Vi vem trazendo alguns modelos ao país com preços acessíveis.

Com informações: CNET, The Next Web.