Spams enchem o saco, ainda mais se tiverem sido enviados por você mesmo. Ou quase isso: durante o final de semana, alguns usuários do Gmail perceberam que estavam com um monte de e-mails indesejados na pasta de mensagens enviadas. Em todos esses spams, o serviço do Google informava que o remetente era o próprio usuário.

Gmail - smartphone

As mensagens consistiam de propagandas de perda de peso e suplementos alimentares, e eram apresentadas como se a vítima tivesse enviado os spams para dezenas de outros endereços de e-mail. Elas mudavam a senha, mas os spams continuavam; um editor do Mashable tinha o recurso de autenticação de duas etapas ativado e foi afetado mesmo assim.

Na verdade, os spammers adulteraram os cabeçalhos dos e-mails, enganando o Gmail e fazendo os servidores do Google pensarem que as mensagens se originaram do próprio usuário. Com a falha, em vez de os e-mails caírem na pasta de spam, eles ficavam em Enviados.

O Google confirmou que a campanha de spam “impactou um pequeno número de usuários do Gmail” e tomou medidas para protegê-los. Além disso, a empresa diz que “identificou e está reclassificando todos os e-mails indesejados como spam, não havendo motivos para acreditar que alguma conta foi comprometida como parte desse incidente”.

Ops.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jeffrey Sinclair | ᴳᶤᶻᴾʳᵉᵐᶤᵘᵐ

Minha conta não foi afetada e acho que os servidores de onde esses emails se originaram vão entrar em black list eterna.

Andre Kittler

Spoofing. Isso é uma técnica mais velha que muitos leitores desse site.
Como que o google conseguiu deixar um erro assim afetar o gmail em 2018 que não ficou claro.

Seraph

foi uma forma bem criativa de Spam, espero que não se espalhe.

Seraph