Você deve se lembrar de quando a Amazon passou a entrar na casa de seus clientes para fazer entregas. Agora, a empresa também quer deixar os produtos diretamente no porta-malas do seu carro. Isso faz parte da extensão do serviço Amazon Key, que existia desde outubro do ano passado.

Com a novidade, quem não pode receber uma entrega pessoalmente tem a opção de indicar o veículo como alternativa. O serviço está disponível em 37 cidades dos Estados Unidos para assinantes do Amazon Prime que têm carros da GM ou da Volvo.

Os carros precisam ter sido fabricados a partir de 2015 e contar com as tecnologias On Star ou Volvo On Call. Segundo o TechCrunch, a Amazon trabalhou com as duas montadoras para conseguir oferecer a solução.

Para o serviço funcionar, é preciso que o veículo seja cadastrado previamente no site da Amazon. A empresa pede dados como fabricante, modelo, cor e placa e, em seguida, solicita permissão para acessar o carro.

A entrega só é realizada se o carro estiver, no máximo, a dois quarteirões do endereço fixo informado no site, como casa ou trabalho. Durante o transporte, a Amazon envia uma série de notificações para te manter a par da situação.

Ao encontrar o veículo com a ajuda do GPS e das informações presentes no site, o entregador digitaliza o código do pacote e pede permissão para destravar o carro. O produto é deixado no porta-malas, a entrega é confirmada e o carro é novamente trancado.

De acordo com a Amazon, o entregador não consegue realizar nenhuma outra ação até realizar esse procedimento. Se, por algum motivo, o carro não estiver livre, o funcionário da Amazon se encaminhará para o endereço informado para tentar realizar a entrega convencional.

Além da marca do veículo, existem limitações de peso (22 kg), dimensão (66 x 53 x 40 cm) e preço (US$ 1.300). A opção está disponível somente para as entregas realizadas pela própria Amazon, não por vendedores individuais que usam a plataforma.

Com informações: The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno

Não viu diferença nenhuma? Consegue comprar e receber no outro dia de manhã sem deixar um rim? Eu to falando de e-commerce próprio, itens vendidos pela Amazon e não marketplace.
Não adianta, a experiência da Amazon é sem igual, ainda mais se comparar com os players brasileiros (B2W e afins)

Corvo

Acho que boa parte disso é estratégia de marketing, sair na frente da concorrência e de quebra ter muita propaganda grátis em centenas de sites de tenologia.

Corvo

Não ví diferença nenhuma pro MercadoLivre, que aliás, muita gente devolve coisa quebrada, usada (e muitas vezes um lixo qualquer, que nada tem haver com o ítem comprado) e também tem 100% do reembolso, enquanto o vendedor que de fo...

Dispister

Caraca que dahora, ja pensou mano tipo vc esta madeirando uma garota envolvente e chega o cara da entrega, ai vc pensa blz vou nem pausar com o Jubileu pq o cara vai deixar no tapete da porta encima do W de welcome....sussa.
Continuemos.
Genial

Dispister

Concordo
Direto tem conteudo assim por aqui.
Exemplo tenho uma Brasília presa com chave de fenda e um cadeado da Papaiz em um quintal com cachorros bravos e galinhas e galos mais bravos que os cachorros, nao creio que os caras vao abrir o porta malas da minha Brazoca

Dispister

Nao me surpreenderia ler algo assim em breve:
Amazon quer abrir a perna da sua esposa para agilizar esperma!
Perdão pelo vacilo, mas os caras estão "batendo a nave" como diria os garotos do reggae

zoiuduu .

estilo clickbait, concordo com vc ^^

zoiuduu .

Você não achou válida nenhum dos motivos que falei?
È como se falassem, o youtube quer deixar de mostrar anúncios pra VOCÊ,
dái vc fica feliz pensando que não vai ver mais anúncios,
mas então depois diz que é só gente que mora nos EUA+ tem o YT red+ tem windows 10 no pc+ e tem um contrato com a AT&T,
pra vc isso não é clickbait?

ave maria aqueles do tecmundo kkk

Bruno

Depois de usar a Amazon na Europa ou EUA a gente vê o quão engessado está o e-commerce brasileiro. Talvez por conta do gargalo logístico ou porque o pós venda é sempre ruim.
Amazon Prime é um sonho, sério. Já comprei coisa às 18h e recebi às 10 da manhã do dia seguinte. Já devolvi coisa aberta que não gostei e tive 100% de reembolso. Compro sem medo de precisar devolver, pois é só entrar no site e solicitar a devolução, uma pessoa vem coletar o item no dia seguinte e tenho meu reembolso às vezes no mesmo dia.

Weliton Junior

Moro nos EUA e eles deixam na porta de casa. Pelo menos na região que eu moro, desconheço casos de roubo de produtos. Eu inclusive, recebi um iPhone na porta de manhã cedo e só peguei a noite. E estava lá são e salvo

Renan Alves

concordo que tem muito sites usando titulos para chamar visitante, mas esse não tem nada de errado, inclusive tem a ver com a noticia, quem reclama dos titulos do tecnoblog nunca viu os da tecmundo

antônio

Porque é um recurso de estilo.

Próximo

Gragas

pior que não,a logística deles é muito boa,só que parecem que eles estão ficando 100000% obcecados com isso,a ponto de entrar na casa das pessoas e abrir seus porta-malas.,eu não usaria esses serviços de jeito nenhum por exemplo,porém é aquela coisa,se tem o serviço,é porque tem público pra tal.

zoiuduu .

Senhor redator, por quê não utilizar o título "Amazon quer abrir porta-malas de carros para agilizar entregas"?
motivos:
1) Esse serviço não está disponível no brasil.
2)Amazon prime não é muito famosa no brasil.
3)Não são todos os leitores que possuem carro de 2015 pra cá.
4)São pouquíssimos carros no brasil que possuem tecnologias On Star ou Volvo On Call.

VocÊ compreende que a maioria dos leitores desse site são pessoas que moram no brasil né?
E a amazon não quer abrir o porta-malas de nenhuma pessoa do brasil...

Shrueak

Ah sim, agora faz sentido.

Exibir mais comentários