Início » Internet » Google Play Música pode acabar para dar espaço a novo serviço de streaming do YouTube

Google Play Música pode acabar para dar espaço a novo serviço de streaming do YouTube

Victor Hugo Silva Por

O YouTube Remix, nova tentativa do Google em emplacar um serviço de streaming de música, deve ser apresentado ainda este ano. E seu lançamento poderá decretar o fim de outra plataforma da empresa: o Google Play Música.

De acordo com o Droid Life, os usuários do Google Play Música receberão alertas para que realizem a migração para a nova plataforma até o final do ano.

Não há detalhes sobre como ficarão as playlists e músicas salvas na conta dos usuários. O app também é usado para guardar até 50 mil faixas adquiridas separadamente, mas ainda não há informações sobre o que acontecerá com esses arquivos.

Google Play Music

Em comunicado, o Google lembra que unificou as equipes de produto do YouTube Music e Google Play, mas diz que "nada vai mudar para os usuários hoje, e daremos vários avisos antes que qualquer mudança seja feita".

Dentro do Google, o novo serviço é desenvolvido para se tornar um forte concorrente ao Spotify. O objetivo é atrair os usuários oferecendo melhores recomendações, e dando a opção de exibir clipes junto às músicas.

A previsão inicial era de que o Remix fosse lançado em março. Durante a SXSW, Lyor Cohen, líder da divisão de música do YouTube, justificou o atraso com o grande investimento que está sendo feito para criar um produto que "orgulhará" as pessoas.

Em dezembro do ano passado, a empresa chegou a acordos com Warner Music Group, Sony Music e Universal Music Group. Vale lembrar que alguns artistas e gravadoras reclamam dos baixos valores que o YouTube paga aos seus artistas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Walciney Junior
hummm, eu tinha um ipod e acabei migrando pro Musica da google, só sei de uma coisa, se migrar e não levar minhas estações e albuns junto, volto pro Ipod
Chico
tudo precisa de tempo e espaço. Só magica já elaborada que acontece instantemente.
Leonardo Feelckins
rindo feito um retardado disso kkkk
Leonardo Feelckins
eu desejo do fundo do meu coração que dê errado
Guilherme Gustavo G. Luks
penso igual... não ligo para a assinatura de streaming mas espero que mantenham a maneira de comprar musica e editar as tags e deixa-las em nuvem para ouvir em qualquer dispositivo afinal isso é o maior diferencial da google play music.
Guilherme Gustavo G. Luks
Estou em choque com essa possibilidade do Google Play Music acabar... é meu preferido... na verdade o único ao qual me adaptei com a interface. espero que descontinuem apenas a parte de streaming mas que mantenham as maneira de comprar as musicas como está e poder deixá-las na nuvem como é feito. Esperando o desenrolar dessa historia com apreensão...
Meninão Bobo
jaja no youtube vai ter propaganda dos serviços tipo jequiti
johndoe1981
Desde que eu possa continuar comprando e baixando músicas sem DRM, por mim tudo bem.
leoleonardo85
Mas o Apple Maps, por exemplo, não mudou de nome nem nada né, eles viram o que tava errado e foram arrumando, não sei, mas acho que hoje deve tá bem melhor.E sobre os adaptadores, é decisão da empresa, que o consumidor aceita ou não, não é algo que ela vai mudando a cada atualização.
Carlin
Faz sentido, e não viável e nem faz sentido manter dois serviços com a mesma finalidade! Porém vamos ver como o Google vai lançar o YouTube Mix. Particularmente creio que so deveriam notificar os usuários do Play Música depois do lançamento do YouTube Mix, migrando os usuários e todo o conteúdo das suas contas para o mesmo serviço tentando causar o menor impacto possível pra quem teve "coragem" e usar o Play Música!
André G
Concordo com você em partes, afinal, o Apple Music veio para substituir o iTunes.O Apple Maps foi um fiasco quando lançado e a Siri ainda é bastante incompetente, mas quando foi lançada era muito pior.E lançam também certos produtos para depois não lançarem mais, como o iPad Mini ou o Apple Watch que tinham vários modelos na primeira geração, mas hoje em dia só mudam as cores, nem tamanhos diferentes existem mais.Sem contar certos produtos que precisam de inúmeros adaptadores. Nenhum Macbook atual é compatível com o iPhone.
André G
Vi bastante publicidade do Allo e até do Duo vi alguma coisa, mas era publicidade burra.
André G
Sentirei muita raiva quando o Google Now deixar de existir por causa daquela merda chamada Google Assistant.No momento o Now já foi deixado de lado, mas ainda existe.
Eduardo Braga
Eu acho que não vai ser só vídeos. Seria um péssimo passo. Acho que vai ser a junção de "só" músicas e vídeos. Acho que tipo o Apple Music.
Eduardo Braga
Agora também é
Valentina ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
É o serviço de audiobook uénão é?como assim não é?
Valentina ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
O google é o SBT da internet mudando a programação a gosto de Silvio Santos
Mickão
Coitado do Play Music, vai morrer antes de ter ganho uma repaginada naquele visual cansado e nada prático, além de melhorias na usabilidade. Não deram a chance dele competir com os rivais de mercado.
Caleb Enyawbruce
Essas empresas sao tudo doidas... Nunca entenderei
Caleb Enyawbruce
aheeuahua!!
ial
YouTube é para vídeos. Clipes musicais fazem parte, ok, mas não é só para isso, há vários outros tipos de conteúdo.Por mais que seja usado por muitos para 'ouvir' música, essa ideia parece estar em oposição à própria identidade do YouTube e, caso o plano seja mal executado, pode ser que nem chegue ao objetivo de difundir o serviço de música, já que o site é conhecido como portal de vídeos e pode não ser tão fácil mudar isso.O Play Music não chegou a lugar algum porque nunca quiseram que ele chegasse a lugar algum. Nunca fizeram por onde. A abordagem sempre foi incorreta: não há um plano de entrada gratuito como a concorrência, sempre foi um serviço fechado. Como as pessoas iriam conhecê-lo, testá-lo? E que divulgação teve para fazê-lo conhecido?Os erros não param por aí: devido o Play Music não ter essa opção gratuita e não ser bem divulgado é que as pessoas preferem (ou acham apenas possível) "ouvir" música no YouTube, que é gratuito. Para isso elas deixam o celular lá com a tela ligada reproduzindo o vídeo sem nem assistir, apenas para ouvir.[Engraçado que vídeo ocupa muito espaço e gasta muito mais banda que áudio, mas ele que é gratuito... A Google ainda pensou em cobrar pra permitir ouvir com a tela apagada, mas olha como é sem sentido, a banda consumida será bem menos e o usuário ainda vai pagar por só áudio quando tem áudio+vídeo de graça...
Ricardo - Vaz Lobo
Ok, não demito a faxineira.
Everson Tomasi
Sou a favor do Music Play. A começar pelo app, que acho bem mais simples sem firulas adicionais. Segundo, no Music temos apenas a musica, com qualidade, sendo transmitida. Nesse novo youtube vai pegar videos(?) de qualquer um? Como fica a qualidade do audio? E as bandas que não tem clip de musica, ficam como? Vai ser criado um canal, quem nem a banda sabe que existe, pra ter as musicas ali?
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Né...
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Desde que foi lançado nos EUA mudou em termos de interface e talz... aqui é coisa nova.O que eu quis mostrar é que há uma grande diferença entre pago e gratuito, já que a sua comparação foi bem ampla (Apple vs Google), como o Youtube vai mal, precisam de mais gente financiando ele ou dando audiência, então pega essa verba de música e joga pra lá... eu imagino que foi algo assim...
Kodos Otros
Google Store? Android Store?Poxa, tinha tantas opções.. Google Play Books.. WTF???
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Acho que quiseram botar um nome com Store, mas a Apple já é dona da App Store, sobrou Play Store... lixoso
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Hahahah que exagero
leoleonardo85
Eu acho que vale sim, Google Play Music e Apple Music são serviços pagos, compara as mudanças que ambos tiveram, se olhar bem o Apple Music quase não mudou desde que foi lançado, e funciona muito bem.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
obrigado amigo polvo interplanetário
Kodos Otros
^destaque
Kodos Otros
Rapaz, eu acho que o erro foi renomear o Android Market pra Google Play, não faz sentido algum isso até hoje.O serviço de música se chamar Google Play faz muito mais sentido.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
Bom, nesse caso do Play Música tem bastante propaganda sim, cupons, já teve mais, mas talvez nosso país não seja o foco deles, eu uso.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
São empresas totalmente diferentes e não acho o comparativo válido.Na Apple você paga por cada serviço, ou paga um valor num hardware que inclui o uso daquele serviço, isso não impede alguma remodelagem no caminho, tipo a Siri que vai morrer ou ser totalmente reformada, mesmo o Apple Music mudou muito até chegar aqui e aonde está hoje, mas ela não depende só do uso daquilo, se tem gente pagando, está dando lucro, e geralmente ela dificulta ou não permite o uso de serviços concorrentes.O Google é uma empresa que depende da propaganda, precisa ter usuários ativos em cada serviço, e para isso precisa atraí-los, se o serviço está ruim, e tem outro projeto/ideia em testes que pode ser melhor, matam o serviço atual e promovem o novo, simples assim, não é uma audiência fraca mas composta de fãs que vai segurar um serviço pra eles.
𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓
Sei lá, YouTube tem tudo a ver com streaming. Erro foi lançar o serviço de música deles com o nome "Google Play". Era melhor ter lançado como parte do YouTube (mesmo que fosse só no nome), com as melhorias sendo feitas aos poucos, afim de corrigir qualquer problema (como esse que você citou). Assim, a marca teria muito mais força, ainda mais usando o nome do YouTube como escada, que bom ou ruim, é muito conhecido e tem mais ligação com música do que a marca "Google".
Kodos Otros
Aposto que se inspiraram em sua beleza para fazer aquele app...
Kodos Otros
Acabei de receber este e-mail, será que já tem a ver com a mudança?"Olá, fãs de música,Começamos a transferir suas inscrições e configurações de notificação de canais de artistas para os canais oficiais desses artistas. Essas inscrições podem ser gerenciadas como qualquer outra. Saiba maisCom essa mudança, esperamos que seja mais fácil acompanhar suas músicas e seus artistas favoritos.YouTube Music Team"
Jarbas
https://uploads.disquscdn.c...O tempo todo...
Baidu feat MC Brinquedo
Mas vão abandonar o app com a mais bela interface?;(
Ricardo - Vaz Lobo
Com que frequência?
Ricardo - Vaz Lobo
'Dar um Google' já foi sinônimo de "buscar alguma coisa na web", hoje significa descontinuar, tirar do caminho, "deu ruim". Assim sendo, googlarei a faxineira lá do barraco.Vamos ver quanto tempo dura está nova iniciativa, que provavelmente dependerá de como a concorrência vai se comportar E se o novo produto terá a aceitação esperada.
UmaPessoalQualquer
Vejo aplicativos de streaming de música surgindo igual os aplicativos de mensagens da Google.
UmaPessoalQualquer
Né isso!
Kodos Otros
Exato, vai usar a marca pra alavancar o serviço de música, é uma jogada.Eu particularmente prefiro os serviços apenas interligados, como por exemplo abrir um clipe de uma música que estou ouvindo. Unificar totalmente os serviços não é algo que me agrade, mas quem sou eu pra querer algo, né?
Arlys Souza
O único problema é que TUBE remete diretamente a TVs, e tal... Acho que o Google tomou essa decisão porque viu que não conseguiu nadar contra a maré: O fato dos usuários usarem Youtube pra ouvir música.
ial
Prefiro muito mais a marca "Google Play Music"."O objetivo é atrair os usuários oferecendo melhores recomendações" - piada... As recomendações do YouTube são um completo desastre.
Kodos Otros
Isso é algo que não entendo também. Não existe propaganda pros serviços da Google. É surreal.
Kodos Otros
Não é um movimento de todo ruim, a princípio.A marca YouTube é muito mais conhecida, deixa de ser sinônimo de vídeos apenas e entra de vez no meio musical. Muito provavelmente o assinante irá se livrar das propagandas do Youtube ao assinar o serviço como é feito no Red (que por sinal não fazia sentido co-existir com o GPM).
leoleonardo85
Eu não tenho nenhum produto da Apple, mas isso eu admiro neles, eles lançam um produto pronto, as vezes tem um ou outro problema no caminho, mas no geral, eles lançam algo e não mudam muito, porque o serviço tá pronto, depois é só ir adicionando funções, dá pra ver que eles testam muito internamente.O Google coloca de qualquer jeito no mercado e vê o que dá, se der errado, descontinua, unifica com outro serviço, muda de nome, lança outro parecido pra ninguém perceber que o primeiro deu errado.
Adriano Romero
O que acho mais estranho é que mal mal fazem propaganda dos serviços e quando fecham dizem que pouca gente usava.
PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
É como se cada serviço fosse uma startup pivotando até atingir o sucesso... o problema é que fazem isso com milhões de usuários ativos...
leoleonardo85
Alguém ajuda o Google, eles não param de mudar o serviços, lançar novos pra coisas que outros já faziam, isso só confunde as pessoas, não ajuda a emplacar nada.