Início » Negócios » Samsung lucra US$ 14 bilhões, mas fala em baixa demanda por telas OLED usadas no iPhone X

Samsung lucra US$ 14 bilhões, mas fala em baixa demanda por telas OLED usadas no iPhone X

Será que o iPhone X está mesmo vendendo menos que o esperado?

Paulo Higa Por

Estamos em temporada de anúncios de resultados financeiros. Além do Facebook, Nintendo e LG, temos a Samsung: os coreanos registraram lucro recorde de US$ 14,4 bilhões no primeiro trimestre de 2018, graças aos bons resultados da divisão de memórias e das fortes vendas do Galaxy S9. Só que a empresa diz que os números poderiam ser melhores se não fosse a baixa demanda por telas OLED flexíveis.

As telas OLED flexíveis são utilizadas no iPhone X, sendo que a Samsung é atualmente a fornecedora exclusiva do componente para a Apple, uma vez que outras companhias (como a LG) não conseguem produzir os painéis nas especificações e volumes exigidos pela empresa de Tim Cook. A Samsung também é responsável pelos chips de memória do celular e, com isso, ganha cerca de US$ 110 por iPhone X vendido.

No relatório financeiro, a Samsung afirma que “para o segmento de displays, que fabrica telas OLED e LCD, os lucros foram afetados pela baixa demanda por painéis OLED flexíveis e maior concorrência entre OLED rígido e LCD LTPS. Um desequilíbrio entre oferta e demanda no mercado de LCD, provocado pela maior capacidade de produção da concorrência, também pesou sobre os ganhos”.

As vendas da divisão de telas da Samsung cresceram 3,4%, o que é pouco em relação aos 20% da coreana como um todo. E tudo isso levanta mais dúvidas sobre o iPhone X: será que ele está indo mal? Recentemente, um analista especulou que o iPhone X poderia até ser descontinuado, já que há um excesso de componentes (relacionados ao Face ID) parados no estoque de uma fornecedora da Apple. Saberemos mais na semana que vem, quando a Apple divulgará seu relatório financeiro.

Voltando para a Samsung, a empresa se deu bem no primeiro trimestre de 2018, sendo especialmente influenciada pela divisão de semicondutores: a demanda por módulos de memória aumentou, e as vendas de processadores estão em alta por causa do forte mercado de smartphones e… das minerações de criptomoedas. Sozinho, o negócio de semicondutores da Samsung rendeu lucro de US$ 10,8 bilhões (3/4 do total).

A divisão de dispositivos móveis, apesar da diminuição sazonal na demanda por smartphones e tablets (isso sempre acontece no começo do ano), rendeu lucro de US$ 3,5 bilhões. A Samsung diz que o resultado foi obtido “devido ao lançamento antecipado do Galaxy S9 e S9+, bem como as vendas sólidas do Galaxy S8”. O aumento no faturamento foi “principalmente impulsionado por modelos premium”.

A empresa já adianta que os lucros no segundo trimestre de 2018 deverão ser menores na divisão de dispositivos móveis, já que os gastos com marketing devem aumentar e as vendas de modelos flagship devem diminuir. O resultado pode melhorar na segunda metade do ano, quando a Samsung vai “lançar um novo modelo flagship” (que vamos fingir que não sabemos que é o Galaxy Note 9) e anunciar “modelos otimizados para mercados específicos”.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fabio Santos

Interessante mostra que a Apple sabe manter margem alta de lucro, mesmo com baixa procura de seu high end.
Mais o importante é os fanboys pararem com brigas atoa, pois seja Apple ou Samsung estão cagando pra vocês..

Carlin

Independente de ter um numero considerável de vendas ou não, toda empresa foca na obtenção de lucro, a Apple sabe muito bem disso, já é comum que os seus aparelhos apresentem um margem de lucro enorme, e não seria diferente com o iPhone X, que com toda certeza extrapola quando o assunto é o valor do produto! Imagino que as vendas da Apple não estão indo mau, o numero de aparelhos no mercado aumentou, diferente de lançar apenas 2 aparelhos como acontece normalmente, 2017, foi o ano em que vimos 3 aparelhos da Maça a venda isso com toda certeza reflete na quantidade individual de venda de cada aparelho!

Gertrudes, a Lhama Morta

Gente eu acho algumas interfaces Android tão bonitas, como a MiUI e a própria "Touchwiz", mas como os apps de terceiros utilizam a linguagem visual do Android Puro, sempre evito de usar pois a inconsistência me deixa nervoso :(

Mas acho lindo esses ícones e a linguagem visual do S9 ali.

Gertrudes, a Lhama Morta

iPhone de Schrodinger, vende muito e vende pouco ao mesmo tempo.

Gertrudes, a Lhama Morta

1/3 do lucro dos SMARTPHONES no geral, não só dos iPhones.

Fábio

OLED já era. MicroLED é o futuro.

Caleb Enyawbruce

Ta certo, bem lembrado, a lista era de lucro mesmo, nao de quantidades vendidas

Caleb Enyawbruce

Verdade, nao era quantidade de unidades, era lucro. Boa

Kodos Otros

Acho que a margem de lucro é enorme, mas não vende tanto.

Drax

Pelo que eu lembro, era quase 1/3 do lucro dos iphones era do X. Isso significa ou que está vendendo demais, ou que a margem é muito grande

Caleb Enyawbruce

Ué, no relatório da Apple divulgado aqui ha pouco tempo o X não era um dos mais vendidos?

DeadPull
[...