O mercado de smartphones na China está passando por um momento difícil. No primeiro trimestre deste ano, as empresas viram suas vendas voltarem para patamares semelhantes aos de 2013, registrando a maior queda anual da história.

O número de unidades vendidas entre janeiro e março de 2018 foi de 91 milhões, contra 114 milhões no mesmo período do ano passado, segundo a consultoria Canalys. O desempenho abaixo do esperado representa uma queda de 21%.

Das 10 principais marcas de smartphones no país, oito tiveram resultado negativo. Fabricantes fora do top 5, como Gionee, Meizu e Samsung, estão em uma situação mais preocupante, já que suas vendas caíram pela metade em um ano. Somadas, elas representam apenas 19% do mercado, contra 34% no ano anterior.

Enquanto isso, as líderes tiveram resultados pouco animadores. A Huawei cresceu modestos 2% na comparação anual. O desempenho não foi excepcional, mas serviu para a empresa manter sua liderança com 24% da participação, ao vender 21 milhões de unidades.

Logo atrás estão Oppo e Vivo, que ocupam o segundo e o terceiro lugar, respectivamente. Cada uma delas teve queda de 10% após venderem 18 milhões e 15 milhões de smartphones.

A Xiaomi foi única a registrar uma alta expressiva no primeiro trimestre de 2018. A empresa cresceu 37% no período ao vender 12 milhões de celulares. O resultado foi o suficiente para retomar a quarta posição, que antes era ocupada pela Apple.

Ainda assim, o mercado em geral mostra poucos sinais de recuperação — as quedas vêm sendo observadas há quatro trimestres. A expectativa é que as vendas voltem a se estabilizar ao final de junho. Huawei, Oppo e Vivo devem lançar seus novos celulares até lá.

Com informações: Canalys.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alexandre Roberto

o mercado interno esta diminuindo...usa de portas fechadas....
terao q invadir a europa e os emergentes, como nos...
para isso baixarao seus precos..mas tambem reduzirao a velocidade do desenvolvimento de novos recursos

Deilan Nunes

isso msm, a ligaçao é com a guerra comercial que trump tem feito com a china...a meu ver isso é um resultado

Seraph

a Meizu vende aqui até hoje

Nicolas_RS

Isso é papo furado, pra lojista justificar a roubalheira!

Diogo Mendes

A culpa é dos impostos, dos empresários. Isso é uma mafia. Exemplo um Moto G5 plus na Best buy "loja fisica" sai por $350, e no Brasil está por R$1199,00. Como eles consegue um valor baixo, pois trouxe uma fabrica para montar Smartphone no Brasil e gerou vários empregos diretos e indiretos com isso o governo deu muitos benefícios para ela por isso. Pq o celular iphone 8 que custa $700, la no EUA. No Brasil custa R$4000. Pois apple nunca vai deixar de montar seus celulares la na china com seus escravinhos, sai mais barato. So importa para o Brasil corretamente, com os imposto super alto e seus lucros altos.

Marcus Araújo

Considerando que de uns dois anos pra cá só lançaram umas firulas caras como "as grandes novidades" (olá, animoji e semelhantes), acho que será uma tendência mundial essa baixa. Se a gente pega um Galaxy S7, por exemplo, ainda é um excelente celular, com processador pra dar de sobra, ótima câmera e uma boa tela. Qual a necessidade de se trocar de aparelho se o atual estiver em perfeito estado de funcionamento? A não ser por uma ou outra necessidade específica de um público de nicho (ou por pura e simples vontade de quem gosta e tem dinheiro para acompanhar os lançamentos de tecnologia), as pessoas estão realmente querendo trocar com cada vez menos frequência os seus aparelhos atuais.

Drax

Isso não é problema. É só processar hehehe

Lucas Ribeiro

A margem de lucro tem que ser maior no Brasil, visto existir mais dificuldades para serem superadas. Há mais riscos.

Mesmo assim, a média margem de lucro global é de +/- 25%. Na China, é menor.

Há possibilidade de redução quando o mercado consumidor é grande, infelizmente não é o caso do Brasil.

Thiago Silva

Creio que seja por conta dá discussão entre EUA e China. China querendo vender smart lá e Trump não deixar entraram, por falar que os chineses estão espionando os EUA, daí a gelada vai no mesmo pensamento e não compra mais smartphone por conta das roseiras falada por ele. Desculpa se eu estiver errado falando isso.

Nicolas_RS

Impostos é parte do problema, a margem de lucro no Brasil é maior, pq quem vende, sabe o quanto o brasileiro é burro!

CtbaBr©

É um mix dos dois...
Não o pequeno e o micro empresario, esse é sugado ao ultimo, mas os grandes, que recebem todo tipo de isenção e suporte dos governos.

Mendonza

Estabeleça a relação para nós por favor, já que vc leu a matéria.

Mendonza

O capitalismo no resto do mundo ganha no giro, enquanto empresario brasileiro suga na unidade.

Cristina Nascimento

Tem bitolado q ainda compra todo ano (facepalm).

Deilan Nunes

Make America Great again... Parabens trump

Exibir mais comentários