Início » Web » Facebook suspende mais 200 apps que podem ter usado seus dados de forma indevida

Facebook suspende mais 200 apps que podem ter usado seus dados de forma indevida

Por
14 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Em março, no auge do escândalo Cambridge Analytica, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, disse que iria investigar a atividade de apps com acesso a grandes quantidades de dados.

A auditoria teve uma nova etapa concluída e mais informações foram divulgadas nesta segunda-feira (14). Segundo o Facebook, milhares de aplicativos estão sendo investigados e cerca de 200 aplicativos já foram suspensos.

Facebook

Eles são suspeitos de terem usado dados dos usuários de forma indevida. Os responsáveis terão de dar explicações a respeito do funcionamento e do alcance de informações desses apps.

Os nomes dos aplicativos suspensos ainda não foram divulgados, mas o Facebook afirma que adotará algumas medidas se encontrar evidências de uso indevido de dados. Se isso acontecer, o primeiro passo será banir o aplicativo.

Em seguida, a rede social prometeu que notificará se você ou seus amigos usaram o app, assim como o que ocorreu no caso Cambridge Analytica.

“Temos grandes equipes de especialistas internos e externos que trabalham duro para investigar esses aplicativos o mais rápido possível”, disse o Facebook, em comunicado.

Como lembra o The Verge, a plataforma está se concentrando em aplicativos criados antes de 2015, quando ainda era permitido o acesso às suas informações e de seus amigos – mesmo que eles não dessem permissão.

A decisão do Facebook de investigar mais apps suspeitos é louvável (e não mais que sua obrigação). No entanto, a situação da empresa pode piorar ainda mais, visto que dados de ainda mais pessoas podem ter sido mal utilizados. No total, mais de 87 milhões de pessoas já foram afetadas pelo caso Cambridge Analytica.

Com informaçõpes: Facebook, Engadget.