Início » Brasil Telecom » Recife lidera e São Paulo fica na lanterna em ranking de qualidade de Wi-Fi público

Recife lidera e São Paulo fica na lanterna em ranking de qualidade de Wi-Fi público

Por
22 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Quando o assunto é economizar internet móvel e partir para um Wi-Fi aberto, os recifenses estão mais bem servidos que o resto do país. A capital pernambucana ficou em primeiro lugar em um ranking que mostra a qualidade das redes públicas nas maiores regiões metropolitanas do Brasil. Os números são do Instabridge, aplicativo gratuito que disponibiliza informações de conexões próximas ao usuário.

Foram pesquisadas dez áreas metropolitanas, sendo que Recife apresentou 41,31% de redes com maior probabilidade de conexão, que “leva em consideração a estabilidade da internet, a quantidade de vezes em que o ponto foi utilizado desde seu compartilhamento por um usuário no aplicativo, atualizações recentes da conexão pela comunidade, entre outros fatores”. A cidade foi seguida por Campinas (38,4%) e Fortaleza (38,22%).

Wi-Fi Spot

Do outro lado da lista estão as regiões metropolitanas de São Paulo (33,37%), Belo Horizonte (33,71%) e Rio de Janeiro (34,03%). A capital paulista teve o maior número de redes Wi-Fi registradas no aplicativo (115 mil), mas uma proporção menor de pontos que realmente oferecem uma boa qualidade de conexão.

Esta é a lista completa das regiões metropolitanas com maior probabilidade de conexão:

  1. Recife: 41,31% (20 mil redes)
  2. Campinas: 38,40% (15 mil redes)
  3. Fortaleza: 38,22% (19 mil redes)
  4. Curitiba: 38,08% (16 mil redes)
  5. Salvador: 36,54% (19 mil redes)
  6. Porto Alegre: 35,74% (15 mil redes)
  7. Brasília: 35,05% (21 mil redes)
  8. Rio de Janeiro: 34,03% (74 mil redes)
  9. Belo Horizonte: 33,71% (25 mil redes)
  10. São Paulo: 33,37% (115 mil redes)

O aplicativo informa que tinha 2 milhões de pontos Wi-Fi cadastrados até o último trimestre de 2017, sendo metade no Brasil, um aumento de 200% em relação ao mesmo período de 2016, quando possuía 300 mil redes. Em quantidade de redes públicas, os estados de São Paulo (245 mil), Rio de Janeiro (105 mil) e Minas Gerais (95 mil) lideram o ranking.

Você usa Wi-Fi público? Como é a qualidade na sua região?

Mais sobre: ,