O sistema da Anatel que bloqueia celulares piratas entrou em funcionamento no dia 9 de maio no Distrito Federal e em Goiás. Até esta sexta-feira (18), mais de 37 mil aparelhos foram impedidos de se conectar às redes das operadoras móveis no Brasil e no mundo.

O número foi divulgado pelo presidente da Anatel, Juarez Quadros, ao TeleSíntese. Segundo ele, no primeiro dia de funcionamento, 2,3 mil aparelhos foram bloqueados pelo sistema. Os proprietários desses celulares estavam sendo alertados por mensagens de texto desde 22 de fevereiro.

Bandeira pirata (Por Public Domain Pictures)

Como já explicamos, o bloqueio vale somente para novos aparelhos, ou seja, quem já utilizava um celular irregular antes do início das notificações não será desconectado, desde que não altere o número da linha. Mas os dispositivos novos receberão, em até 24 horas após a ativação, a mensagem “Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em 75 dias”.

TB Responde: Como descobrir se um celular é pirata e será bloqueado na Anatel

O bloqueio não afeta smartphones importados de marcas conhecidas, como Huawei, Xiaomi e OnePlus, apenas os que não possuem um número IMEI registrado no banco de dados da GSMA, associação global de operadoras móveis. Celulares com IMEI válido, mesmo que não tenham sido homologados pela Anatel, não serão bloqueados.

Por enquanto, o sistema só funciona no Distrito Federal e em Goiás, mas ele será expandido para todo o território nacional até 2019, conforme o cronograma:

  • Acre, Rondônia, São Paulo, Tocantins, região Sul e demais estados da região Centro-Oeste: notificações a partir de 23 de setembro de 2018; bloqueios a partir de 8 de dezembro de 2018;
  • Nordeste e demais estados das regiões Norte e Sudeste: notificações a partir de 7 de janeiro de 2019; bloqueios a partir de 24 de março de 2019.

A Anatel diz que mais de 1 milhão de novos celulares irregulares entram nas redes das operadoras a cada mês, e que esses terminais “podem ser perigosos para a saúde do usuário por apresentarem grande quantidade de chumbo e cádmio, não possuírem garantias em relação a limites de radiações eletromagnéticas e utilizarem materiais de baixa qualidade”.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fábio

A existência de um estado mínimo se faz necessária apenas para corrigir algumas coisas e executar tarefas que o mercado não pode/quer fazer.

Rubemar Cavalcante

O que precisa é encontrar, e um jeito para impedir que ladrões consigam habilitar celulares roubados e bloqueados.

Mauricio S Santos

ele mesmo kkkk

Jailton Rocha

Como sempre o estado ajudando o cidadão!
Disse e repito:
"Quanto maior o estado menor o cidadão."
By Otário.

Blackberry

Viado chato

DeadPull
Mas os dispositivos novos receberão, em até 24 horas após a ativação, a
mensagem “Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e
não funcionará nas redes celulares em 75 dias”.


75 dias? Muitos desses aparelhos não duram 75 horas antes de começar a dar problema e ser descartado pelo retardado que o comprou. Então tanto faz. Anatel competente como sempre ¬¬

Cristina Nascimento

Se for o Pirifarina da Nextel acho q não, rs.

Cristina Nascimento

Sim, no meu bairro mal tem 4g e moro na capital do RJ.

zoiuduu .

O original tem entrada p fone de ouvido normal?

Ed. Blake

Antenas com componentes de péssima qualidade numa rede que já não é lá essas coisas vão degradar o funcionamento para toda a estação.

Antenas de transmissão por ondas de rádio nivelam a taxa de transmissão por baixo, então se você tem um equipamento com sinal ruim e TX/RX baixo, isso fará com que a estação transmissora use um MCC menor para todas as estações associadas.

Mesmo sendo uma consequência desagradável, este não é o motivo do bloqueio e tampouco a segurança/saúde do pobre usuário pobre. A razão desta ação é puramente comercial com interesse em comum de operadoras e fabricantes de celulares, que querem vender aparelhos para a classe C.

Wellington Gabriel de Borba

E???

Luiz Henrique

100% das cidades cobertas, não significa que cubra o território todo dos municipios

Wellington Gabriel de Borba

Deterioram em que sentido? Não tem referência disso. E não estou convencido de que seja prioritário.

Wellington Gabriel de Borba

São Paulo, Rio de janeiro e Distrito Federal tem 100% de coberturas 4G de pelo menos uma operadora.

Mauricio S Santos

então meu ferrari vermelho vai parar

Exibir mais comentários