A Sony já sabe como pretende gastar sua verba nos próximos três anos. A empresa divulgou nesta terça-feira (22) um plano com foco em duas áreas principais: sensores e música.

Dominante no segmento de sensores de imagens para smartphones, a Sony é responsável pelo hardware usado em alguns dos principais dispositivos. Até 2021, a empresa pretende investir US$ 9 bilhões nesse setor.

Além disso, a companhia também deseja tomar a liderança em outras aplicações com sensores. Para isso, vai intensificar o desenvolvimento de soluções pensadas para áreas como o setor automotivo.

Já no setor de música, serão destinados US$ 2,3 bilhões para comprar boa parte da EMI Music Publishing que ainda não era de sua propriedade. A Sony vai arcar com uma dívida de mais de US$ 1,3 bilhão e terá cerca de 90% da gravadora.

O plano também destaca a intenção de aumentar a receita obtida com o PlayStation. No documento, a Sony diz que deseja expandir a PlayStation Network, que atualmente conta com 80 milhões de usuários mensais ativos. A empresa entende que isso ajudaria a aumentar o número de assinantes do PlayStation Plus.

Ainda na área de games, a Sony deverá investir mais em suas franquias de conteúdo, como Jumanji e Charlie Brown, para produzir seus próprios games e conteúdos complementares, como DLCs.

A empresa também quer explorar o potencial desses títulos nos cinemas. Por isso, é bem provável que, em breve, vejamos sequências de filmes lançados recentemente.

Com informações: Sony (2), Engadget.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Cristian

Para os que falam mal da divisão de smartphone da Sony sugiro que olhem os testes de velocidade dela no Youtube, tem vídeo dando pau até no Iphone 8 Plus. É um android muito bem otimizado e inclusive é uma marca que dá muita atenção às atualizações de software, sujeita a ser a melhor depois da própria Google nesse sentido.

E a parada dos preços altos é passado pois o último flagship lançado veio com preço abaixo da concorrência.

Eduardo Braga

Na real, eu acho que a Disney que tá sendo esperta, comprando só a parte que importa pra eles.

𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

A Fox foi esperta, pois manterá grande parte dos seus negócios dr tv (diferente da AT&T, que está batendo o pé querendo manter a DirecTV contrariando o antitruste, que por sua vez está barrando a compra da Warner). Difícil esse negócio Disney/Fox não sair.

Eduardo Braga

Sim! Meu maior medo ver esses estúdios sendo comprados.
Eu ainda tô torcendo pra essa compra da Fox não ser autorizada pelo governo, mas sabendo a extensão do poder da Disney, acho meio difícil.

Lairton Gomes

kkk certeza que a huawei pagou para ter uma nota maior que o pixel 2

𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

...Enfim. A Sony fez uma grana e, bem ou mal, isso é bom, pois evita que mais um estúdio quebre e tenha que se vender pra Disney ou pra Comcast ou pra Warner.

Eduardo Braga

Sim. Mas só um dos dois é bom.....

𝕵𝖆𝖈𝕶 ⚡𝖎𝖑𝖘𝖆𝖓

E De Volta ao Lar também fez uma grana. E ainda tem o Venom, que eu quero muito ver no cinema.

Eric Viana

Eu acho que a melhor estratégia para a Sony seria fazer com a linha de smartphones o mesmo que ela já fez com a linha Vaio de Notebook. Vende. Se eles focassem somente em sensores e câmeras fazendo o melhor, seriam uma "Qualcomm" versão fotografia. Eles sempre tiveram ótimas câmeras como nas linhas cybershot e alpha. Aplica seu esforço no que realmente sabe fazer muuuuuito bem e você vai ser campeã Sony.

Eduardo Braga

Espero que façam mudanças nos filmes também. Apesar de que com Jumanji fazendo tanto dinheiro eles devem estar se sentindo mais confiantes.

Marcus Araújo

É o melhor que podem fazer mesmo focando em sensores, música, conteúdo e PS, já que nas outras áreas (TV, smartphones, eletrônicos em geral) a Sony anda decepcionando por entregar o mesmo cobrando mais.

Rod

Boleto não deve ter compensado ainda

Lucas Henrique

Alguém sabe pq o dxOMark não avaliou o XZ2 P ainda? Ou ainda é cedo?

leoleonardo85

Ela queria ser lider em smartphones também

Kodos Otros

É tão raro ver a Sony se mexendo... Boa sorte a ela, apesar de toda a sua "arrogância", é sempre bom ter concorrentes.