Início » Celular » Estes são os celulares mais resistentes a quedas

Estes são os celulares mais resistentes a quedas

R$ 64 mil em smartphones foram jogados na madeira, no concreto e na privada

Por
1 ano atrás

Não é difícil encontrar listas de melhores celulares em custo-benefício, com a melhor câmera ou a melhor recepção de sinal. Testes de resistência são mais complicados porque, bem, isso envolve destruir produtos caros. Mas o Tom’s Guide jogou no chão (e na privada) o equivalente a R$ 64 mil em smartphones para descobrir qual deles aguentava melhor o tranco.

A bateria de testes envolvia derrubar os smartphones a alturas de 1,2 metro e 1,8 metro em superfícies de madeira e concreto. Depois, os aparelhos caíam dentro de um vaso sanitário cheio de água. Eles até adquiriram posteriormente um segundo lote de celulares para soltá-los a uma altura de 30 metros (!) com um drone DJI Mavic Pro, mas os resultados não foram considerados aqui.

O Galaxy S9 certamente não foi o melhor

Foram testados modelos da Apple, Google, Huawei, LG, Motorola, OnePlus e Samsung. Como esperado, quem se saiu melhor no teste foi o Moto Z2 Force, que tem a resistência a quedas como um argumento de venda: ele possui tela Moto ShatterShield “que não trinca nem estilhaça” e design de alumínio “resistente aos desgastes do dia a dia”. Mas o iPhone X e o Galaxy S9 não fizeram tão feio.

Moto Z2 Force permaneceu quase intacto

O ranking é o seguinte (as notas vão de 0 a 10):

  1. Motorola Moto Z2 Force: 8,5
  2. LG X Venture: 6,6
  3. Apple iPhone X: 6,2
  4. LG V30: 6,0
  5. Samsung Galaxy S9: 6,0
  6. Motorola Moto G5 Plus: 5,1
  7. Apple iPhone 8: 4,9
  8. Google Pixel 2 XL: 4,3
  9. Huawei Mate 10 Pro: 4,3
  10. OnePlus 5T: 4,3
  11. Samsung Galaxy Note 8: 4,3
  12. Apple iPhone SE: 3,9

Alguns celulares não são comercializados no Brasil. O X Venture é um aparelho da LG focado em resistência, enquanto o V30 foi o topo de linha da coreana em 2017, acima do G6. O Google Pixel 2 XL e o Huawei Mate 10 Pro, que possuem hardware de ponta e boas câmeras, também não aparecem nas lojas brasileiras e não aguentariam muito tempo nas mãos de alguém desastrado.

iPhone X ficou em terceiro lugar, mas também quebra (pergunte ao Mobilon)

Entre os aparelhos não voltados especificamente para mãos furadas, o iPhone X se deu melhor, com uma tela que trincou na parte superior esquerda, mas se manteve intacta em sua maior parte e sobreviveu ao teste da privada. Por outro lado, a Apple também ficou com o pior da lista: o iPhone SE teve seu display totalmente estilhaçado, sendo que um pedaço do vidro até saiu do aparelho no teste de queda de 1,8 metro.

O Galaxy S9, com nota 6,0, teve a tela quebrada com uma queda de 1,2 metro, mas permaneceu “usável”, segundo o Tom’s Guide. Quando ele despencou de 1,8 metro, no entanto, houve mais danos: parte da tela Super AMOLED do topo de linha da Samsung se apagou definitivamente. Mas ele foi bem melhor que o Galaxy Note 8, que terminou os testes com um display piscando em branco, verde e preto.

No final das contas, todos os smartphones, com exceção do Moto Z2 Force e do LG X Venture, sofreram danos na tela em maior ou menor grau. Então, a conclusão a que chegamos é que, se você for uma pessoa desastrada e não comprar um aparelho especificamente resistente a quedas, só uma capinha vai te salvar.