Com pouco tempo de existência, a Essential rapidamente se tornou um sucesso entre investidores. O retorno dos usuários, no entanto, não foi tão bom e trouxe incertezas ao futuro da marca, que cancelou o lançamento de um segundo celular e já considera ser vendida.

Segundo a Bloomberg, a Essential contratou os serviços do Credit Suisse para verificar o potencial da transação e já teria ao menos um interessado. A empresa ainda não se decidiu quanto à negociação, mas analisa uma venda completa.

Foto: The Verge

O acordo envolveria patentes e produtos como o Essential Phone, além dos profissionais da startup, que passariam a trabalhar para o novo proprietário.

A principal justificativa para uma negociação é o fracasso do Essential Phone. Em agosto de 2017, logo após ser lançado, o modelo custava US$ 699 e vendeu somente 20 mil unidades. A empresa reduziu o preço para US$ 499 e conseguiu um aumento, mas ainda está abaixo das expectativas. Até hoje, o celular vendeu somente 150 mil unidades.

A Essential foi fundada em 2015 por Andy Rubin, um dos criadores do Android, e arrecadou cerca de US$ 300 milhões de investidores como Amazon, Tencent e Redpoint. No ano passado, ela já valia algo em torno de US$ 1 bilhão.

Enquanto a venda não é concretizada, a Essential trabalha no desenvolvimento de um dispositivo inteligente para casas, com previsão de lançamento para 2019.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sandro Soares

Ah, tudo bem. Se isso vai te fazer bem, que seja assim então. Continue espalhando a palavra ✌️

Whebert Souza

Complementando seu comentário, o Essential também não foi desenvolvido em um curto espaço de tempo. Independente do argumento o fato é que a Essencial fez e lançou primeiro.

Sandro Soares

Aqui no Brasil é foda ter um smart desses, ele levou uma das piores notas do iFixit em reparabilidade, é quase impossível consertá-lo sem estragá-lo ainda mais. Com a incompetência de muitos técnicos brasileiros e a dificuldade de se conseguir peças para o mesmo, ele seria um smartphone descartável, primeiro problema e pode jogar fora

Sandro Soares

Nope. O Essential foi revelado em 30 de maio de 2017, o iPhone X em 12 de setembro do mesmo ano, a Apple não ia começar o projeto do iPhone X, o aparelho pra comemorar 10 anos da empresa, em maio e terminar em setembro né. Além disso, os notches dos dois tem funcionalidades diferentes e, se não me engano, no lançamento do Essential já corria o rumor do notch no iPhone

Whebert Souza

"a empresa de quem a Apple copiou o notch", e não é verdade?

Sandro Soares

Mais uma empresa que chegou dizendo que ia revolucionar o mercado de smartphones e morreu na praia... Pelo menos ela vai ser lembrada por muitos haters da maçã como "a empresa de quem a Apple copiou o notch"

DDR31600Mhz

Quer entrar em um mercado de gigantes, na economia que tem mais concorrência e sentar na janelinha na primeira tentativa? Acho que eu ou esses caras tem um descolamento muito grande da realidade

Eliézer José Lonczynski

Hypou e flopou

leoleonardo85

Era previsível né

Rodrigo Gonçalves

A vaca leiteira seria mais abundante

Ed. Blake

Basicamente pelo fato de a maioria das startups serem formadas por jovens engenheiros, analistas de sistemas e designers que criam soluções para problemas que não existem e insistem em igrnorar a importância do conhecimento (mesmo que teórico) de profissionais de Administração ou Marketing na equipe.

Leitura interessante ao assunto: https://meiobit.com/383640/menino-do-vale-do-silicio-nao-existe-idade-media-fundadores-startups-sucesso-40-anos/

Gertrudes, a Lhama

Dizem que a câmera melhorou muito também

Je Suis Harambe

Eu queria muito ter comprado um, apesar de telas IPS não me agradar eu fiquei impressionado pelos Reviews que eu li e assisti pela qualidade de construção e dos materiais usados
Eu até olhei na Internet pra saber o preço hoje, mas com o dolar a 3.70 não dá agora
se tivesse a 3.2 certamente eu pediria um

Smartphone lindo

André G

Por 500 dólares eu comprava, não sabia que o preço tinha baixado tanto

Robert Rey

Combinando com uma análise Swot!

Exibir mais comentários