Início » Negócios » Essential cancela desenvolvimento de novo smartphone e pode ser vendida

Essential cancela desenvolvimento de novo smartphone e pode ser vendida

Por
1 ano atrás

Com pouco tempo de existência, a Essential rapidamente se tornou um sucesso entre investidores. O retorno dos usuários, no entanto, não foi tão bom e trouxe incertezas ao futuro da marca, que cancelou o lançamento de um segundo celular e já considera ser vendida.

Segundo a Bloomberg, a Essential contratou os serviços do Credit Suisse para verificar o potencial da transação e já teria ao menos um interessado. A empresa ainda não se decidiu quanto à negociação, mas analisa uma venda completa.

Foto: The Verge

O acordo envolveria patentes e produtos como o Essential Phone, além dos profissionais da startup, que passariam a trabalhar para o novo proprietário.

A principal justificativa para uma negociação é o fracasso do Essential Phone. Em agosto de 2017, logo após ser lançado, o modelo custava US$ 699 e vendeu somente 20 mil unidades. A empresa reduziu o preço para US$ 499 e conseguiu um aumento, mas ainda está abaixo das expectativas. Até hoje, o celular vendeu somente 150 mil unidades.

A Essential foi fundada em 2015 por Andy Rubin, um dos criadores do Android, e arrecadou cerca de US$ 300 milhões de investidores como Amazon, Tencent e Redpoint. No ano passado, ela já valia algo em torno de US$ 1 bilhão.

Enquanto a venda não é concretizada, a Essential trabalha no desenvolvimento de um dispositivo inteligente para casas, com previsão de lançamento para 2019.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.