Início » Carro » Califórnia testa placas de carro digitais que podem indicar localização de veículos roubados

Califórnia testa placas de carro digitais que podem indicar localização de veículos roubados

Victor Hugo Silva Por

Em tempos de criação de carros autônomos, também há quem se concentre em mudar as tradicionais placas de carros. O estado da Califórnia, por exemplo, começou a testar um modelo que exibe a identificação dos veículos por meio de telas semelhantes às do Kindle.

O novo formato está sendo testado na cidade de Sacramento e oferece algumas vantagens aos motoristas. Em caso de roubo, a placa poderá indicar a localização do veículo. Além disso, os condutores não precisarão mais colar adesivos na placa para indicar que estão em situação regular.

As autoridades também poderão permitir a exibição de mensagens nas placas digitais, mas isso ainda precisa ser aprovado pelo Departamento de Veículos Motorizados (DMV, na sigla em inglês), que está conduzindo os testes. Com a autorização, as mensagens serão exibidas somente quando os veículos estiverem parados. O número da placa ainda ficaria à mostra, mas no canto superior direito da tela.

Ao mesmo tempo, há questionamentos relacionados à privacidade e à segurança. Alguns motoristas acreditam que o sistema contribuirá para governo, polícia e empresas rastrearem seus veículos.

O preço nada atrativo também poderá contribuir para a impopularidade das placas digitais. Elas serão vendidas por US$ 699 mais custos de instalação. Os motoristas ainda pagarão uma taxa mensal de US$ 7.

As placas digitais já estão disponíveis para motoristas individuais em Sacramento. Porém, a Reviver Auto, responsável pela fabricação e distribuição das placas, espera que as principais interessadas sejam as empresas.

Elas usariam os dispositivos em suas frotas e poderiam aproveitar o espaço para exibir pequenos anúncios para promover seus produtos e serviços. Os dispositivos também seriam úteis para acompanhar a localização dos carros.

Até o momento, apenas 116 veículos estão usando as placas digitais. A etapa de testes permite que até 175 mil carros adotem a alternativa. O DMV espera ficar mais próximo desse número à medida em que empresas e motoristas fiquem sabendo da nova opção.

Com informações: The Sacramento Bee, Mashable.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Pedro Cavalieri

Você claramente não entendeu o comentário de cima, né? Ele concordou que a ideia de touchscreen em esteira é ridícula, pois com as mãos molhadas de suor, não é possível operá-la, diferente dos botões...

ricms

Pois é, tb não entendi o comentário do menino Rodolpho. Bem provável que hoje uma tela touch seja mais barata e fácil de instalar do que vários botões, porque tela ou display já vai ter que ter mesmo...

Caipiroto, o capeta caipira 😈

Pior nem é isso, é enfiarem mais ads na nossa vida.

paulo yan

Essa ideia é tão ridícula que não sei como não foi pensada no Brasil antes

Anayran Pinheiro

WTF! Que tipo de retardado teria uma ideia dessas? Galera sua e depois vai lidar com os comandos da esteira elétrica como? Com a mente?

Jhon

Acho que o objetivo é ser rastreado apenas se for necessário e não 24/7, agora como garantir isso são outros 500.

Jhon

Pra quem pode comprar um carro de 70.000 é um valor insignificante, acho que esse deve ser o foco pelo menos nessa fase de testes.

johndoe1981

Detran fazendo escola mundo afora.

Mickão

Rapaz, 700 Trumps pra ter uma placa fancy no carro e ainda precisa pagar mensalidade. Isso é pra gente ver que tentar extorquir a população com futilidades não é privilégio de país em desenvolvimento.

ridículo

Dayman Novaes

Até olhei o calendário aqui pra confirmar que hoje não era primeiro de abril

Junior

U$ 700 + taxa mensal. Vsf. fico com a boa e velha placa de metal mesmo.

Renné Silva

Em caso de assalto, sequestro, avisar seria interessante.

Rodolpho Camargo

Clássico caso de gente enfiando tecnologia onde não precisa, tipo esteira de academia com touchscreen

Seraph

"Ao mesmo tempo, há questionamentos relacionados à privacidade e à segurança. Alguns motoristas acreditam que o sistema contribuirá para governo, polícia e empresas rastrearem seus veículos." e como querem que rastreiem em caso de roubo e não for assim?