Início » Gadgets » Samsung anuncia TVs QLED Q6FN, Q7FN, Q8CN e Q9FN custando a partir de R$ 4.999

Samsung anuncia TVs QLED Q6FN, Q7FN, Q8CN e Q9FN custando a partir de R$ 4.999

Modelo mais caro vai custar até R$ 80 mil

Por
42 semanas atrás

A Samsung anunciou nesta terça-feira (29) os novos televisores premium da marca, com tecnologia QLED e tamanhos de até 75 polegadas. Os modelos Q6FN, Q7FN, Q8CN e Q9FN chegam ao mercado brasileiro com preços sugeridos entre R$ 4.999 e R$ 80 mil, com resolução 4K, tecnologia HDR, controle remoto unificado e design que esconde a bagunça nos cabos.

O QLED, como já explicamos, consiste em nanocristais que geram tons precisos de luz azul, vermelha e verde. Em comparação com o LCD comum, o resultado é uma imagem com brilho mais forte, pretos mais profundos e maior volume de cores. No entanto, diferente do OLED, em que os pixels emitem luz individualmente e os pretos são puros, no QLED ainda temos um painel LCD retroiluminado por LED.

Nos modelos de 2018, a Samsung parece ter focado mais em recursos de design e inteligência artificial, mas há melhorias na qualidade de imagem: na Q7FN, Q8CN e Q9FN, há um controle de iluminação por zonas, que ajusta o brilho de acordo com a cena e gera pretos mais profundos. Isso é mais notável na flagship, a Q9FN: sem colocar uma ao lado da outra, eu não conseguiria distinguir o QLED do OLED em cenas reais.

Entre os recursos novos, há o Modo Ambiente, que mostra horário e clima em um plano de fundo que combina com a decoração da sala de estar; o Única Conexão Invisível (exceto na Q6FN), que consiste em um cabo discreto que fornece energia e os sinais de vídeo; e o SmartThings, que conecta a TV aos dispositivos inteligentes da sua casa, permitindo comandá-los pela Bixby (por enquanto, só em inglês).

Dá para controlar até sua lavadora (se ela for conectada)

A Samsung continua reforçando o HDR (HDR2000 na Q9FN, HDR1500 na Q8CN e Q7FN e HDR1000 na Q6FN) para destacar o alcance dinâmico do painel, a garantia de 10 anos contra o efeito burn-in (uma indireta à LG, que aposta na tecnologia OLED em televisores mais caros) e o Controle Remoto Único, que controla todos os dispositivos.

Os preços de cada modelo ainda não foram definidos. Quando as TVs chegarem ao mercado brasileiro, elas custarão entre R$ 4.999 (Q6FN de 49 polegadas) até “em torno de R$ 80 mil”, segundo Erico Traldi, diretor associado de produtos de TV da Samsung. Os modelos estarão disponíveis nos seguintes tamanhos:

  • Q6FN (plana): 49, 55 e 65 polegadas;
  • Q7FN (plana): 55, 65 e 75 polegadas;
  • Q8CN (curva): 65 polegadas;
  • Q9FN (plana): 75 polegadas.

Os novos modelos devem coexistir com os de 2017, como a Q9F, que tinha versões de 88 polegadas. Em outros países, a Q7 também possui um modelo curvo, mas ele não foi lançado no Brasil.

As TVs QLED começarão a ser vendidas no Brasil em julho. A Samsung já adiantou ao Tecnoblog que modelos mais acessíveis, como as 4K de 2018 (NU7100 e NU8000) chegarão em breve.