Tecnoblog

Correios pedem 15 dias para normalizar entregas após paralisação dos caminhoneiros

Com o reabastecimento de postos de combustível e a liberação de estradas, as empresas trabalham para voltar ao ritmo convencional de suas atividades. Os Correios, por exemplo, dizem que levarão 15 dias para regularizar suas operações e retomar as entregas.

A estatal diz que, desde o início da paralisação dos caminhoneiros, o volume de entregas caiu pela metade. O principal motivo está no fato de seus veículos não terem conseguido realizar as viagens por conta de bloqueios em rodovias ou da falta de combustível.

Os Correios ainda calculam os prejuízos financeiros dos últimos dias e já contam com um plano para normalizar as entregas. Ele envolve tanto a jornada extraordinária para funcionários, quanto a contratação de mão de obra temporária e de linhas extras para liberar as cargas paradas.

Como anunciado há mais de uma semana, os serviços com dia e hora marcados, como Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje, Disque Coleta e Logística Reversa Domiciliária, seguem interrompidos temporariamente.

Os serviços como Sedex convencional e PAC estão operando, mas com prazo de entrega ampliado. Já as agências dos Correios estão atendendo e recebendo postagens regularmente.

Com informações: G1.