Início » Aplicativos e Software » Por que o Instagram não oferecerá feed em ordem cronológica tão cedo

Por que o Instagram não oferecerá feed em ordem cronológica tão cedo

Por
1 ano atrás

O feed do Instagram resolveu deixar a ordem cronológica de lado e apostar em ordenar fotos e vídeos pela relevância. O novo formato foi criticado por boa parte dos usuários, mas não deve ser abandonado pela rede social em um futuro próximo.

Ao contrário do que muitos pensam, o formato contribuiu para um crescimento no alcance das fotos. O Instagram afirma que, com o feed cronológico, as pessoas viam apenas metade do que seus amigos publicavam. Agora, a parcela de posts visualizados aumentou para 90% e o tempo de permanência no app aumentou.

Feed do Instagram

De acordo com a rede social, os usuários que não gostam do algoritmo são escutados, mas neste momento, não há nenhum plano de oferecer o feed do Instagram cronológico como alternativa. O objetivo é evitar que a plataforma se torne muito complexa, já que alguns usuários poderiam esquecer qual tipo de feed eles escolheram.

Como funciona o feed do Instagram

Buscando se tornar um pouco mais transparente, a empresa reuniu jornalistas para explicar como seu algoritmo funciona. A rede social disse que não oculta publicações – exceto as que infringirem suas regras – e permite que você veja todas se continuar rolando o feed.

No entanto, ela utiliza aprendizado de máquina (machine learning) para criar um feed do Instagram totalmente diferente mesmo que duas pessoas sigam as mesmas contas. Para ordenar as publicações, três fatores são levados em consideração:

  • interesse: o algoritmo se baseia em suas interações do passado e em um processo de visão computacional que indica como você lidou com posts que tinham um conteúdo parecido;
  • novidade: os posts mais recentes levam vantagem em relação aos mais antigos;
  • relacionamento: sua proximidade com o autor da publicação, com maior prioridade para as pessoas com quem você interagiu com comentários e marcações em outros posts.

Além disso, outros critérios influenciam como fotos são ordenadas. O primeiro deles se relaciona com a frequência com que você usa o Instagram. Nesse caso, o aplicativo tentará mostrar as melhores fotos publicadas desde a última vez que você o abriu.

Em seguida, o algoritmo analisa a quantidade de contas que você segue. Quanto mais pessoas você acompanha, menos fotos você verá de cada uma. Por fim, está o tempo de uso, que ajuda a rede social entender se você acompanha poucas fotos por vez ou se passa muito tempo no aplicativo.

O Instagram também afirmou que não reduz o alcance de contas que postam com muita frequência ou que usam muitas hashtags. Ao mesmo tempo, não aumenta o alcance de quem publica stories, vídeos ao vivo ou possui uma conta para empresas.

Com informações: TechCrunch.

Mais sobre: