Início » Aplicativos e Software » 5 alternativas ao GitHub após a aquisição pela Microsoft

5 alternativas ao GitHub após a aquisição pela Microsoft

Concorrente afirma ter visto um aumento (de 10 vezes) no volume de transferências

Melissa Cruz Cossetti Por
TB Responde

A Microsoft terá um desafio após concluir a aquisição do GitHub — em um negócio avaliado em US$ 7,5 bilhões — conquistar a confiança e o respeito dos quase 30 milhões de desenvolvedores na plataforma. Há usuários expressando suas preocupações, temendo abusos de privacidade e má condução de negócios do GitHub.

Microsoft vai fechar CodePlex, alternativa ao GitHub

Microsoft compra GitHub por US$ 7,5 bilhões

O GitHub permite que programadores do mundo todo colaborem em projetos, compartilhem relatórios de erros e corrijam esses bugs, além de gerir a documentação. A empresa fornece esse serviço gratuitamente para entidades que usam o recurso como “código aberto”. Para projetos de “código fechado”, paga-se uma taxa.

Foto por Jun OHWADA/Flickr

Tornou-se muito popular entre desenvolvedores e empresas que hospedam projetos, documentação e códigos inteiros: Apple, Amazon, Google e a lista não para por aí. São 85 milhões de repositórios hospedados no sistema e 28 milhões de desenvolvedores.

É fácil imaginar por que a Microsoft comprou o GitHub. A desenvolvedora do Windows encerrou seu próprio concorrente, o Codeplex, em dezembro de 2017, e agora é o principal contribuidor do GitHub. A popularidade do GitHub entre os desenvolvedores pode fazer com que a Microsoft conquiste a confiança e o respeito que precisa; ou não.

O GitLab, melhor concorrente, afirma ter visto um aumento (de 10 vezes) no volume total de desenvolvedores que transferiram seus repositórios de código para o GitLab.

Será esse um sinal precoce de que há problemas à vista? Algumas alternativas.

Veja 5 alternativas ao GitHub

1. GitLab

gitlab
O GitLab é a escolha número um para substituir o GitHub. É o mais próximo em termos de uso e fácil de migrar. Muitos projetos de código aberto já estão usando o GitLab incluindo 100 mil empresas e instituições como Bayer, NASA, Sony, Comcast e Nasdaq.

2. BitBucket


O BitBucket é da Atlassian, dona do Trello. Totalmente integrado a outras ferramentas de gerenciamento Jira, HipChat e Confluence. Escolha certa para grandes empresas que já usam essa plataforma. É gratuito para projetos com até cinco membros.

3. SourceForge


SourceForge é outro nome popular em código aberto. Muitas distribuições e projetos do Linux fornecem downloads através do SourceForge. O veterano de 1999 passou por redesign, ganhou novas ferramentas e também um importador direto do GitHub.

4. Launchpad

Launchpad

Lauchpad é uma plataforma com visual um pouco obsoleto da Canonical, a empresa-mãe do Ubuntu. Tem sido fundamental para o rastreamento de bugs e projetos relacionados a distro. Ela está nos bastidores há anos e não ganhou popularidade.

5. Apache Allura


O Apache Allura é uma opção bastante flexível da Apache Software Foundation, uma organização sem fins lucrativos. A plataforma suporta linguagem Git, além de outras, cria páginas wiki internas e tickets para documentação e correção de bugs do códigos.

Outras alternativas de gigantes de software

  • Cloud Source by Google: o Google Cloud Source Repositories usa a nuvem da gigante de buscas e oferece plano privado. Se já tiver um código no GitHub ou no Bitbucket, será possível transferi-lo.
  • AWS CodeCommit: o AWS CodeCommit é um serviço hospedem repositórios Git também privados. A plataforma é da Amazon, outra gigante de tecnologia com limitações para gratuidades.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Anísio Planeta

"A guerra do PC acabou, a Microsoft venceu há muito tempo!" - Steve Jobs

TURN DOWN FOR WHAT

Anísio Planeta

Vc deve ser florista pelo jeito

Anísio Planeta

Tomara que ela mate esse LIXO que não chega aos pés do TFS e muito menos do VSTS.

Régis Tomkiel

Vi gente falando muito bem do Allure. Tenho que testar.
Sobre o GC, pensei que já tivessem migrado, não que eu me importe tanto assim... eheh
O GitLab está com algumas features de deploy bem interessantes ehehe

Molinex

É possivel. Mas também pode ser que não kkk
Na verdade agora, o negocio é esperar...
Em um primeiro momento a MS não tem como ferrar com tudo, vamos ver no futuro...

Tenho um pé atras com grandes corps, inclusive com a google, mas não acho que uma empresa gastaria 7,5 pacotes, pra estragar um serviço e perder a base de usuários que esse serviço tem...
Mas isso, só o tempo dira...

Molinex

Ta mudando, ainda não mudou. Vai pra google por causa do suporte a kubernetes mas ainda estão testando a nova nuvem...
Mas concordo contigo, acho que agora, nesse momento, nada vai mudar. E vou usando o github, ou o gitlab. Na verdade tenho coisa nos dois. Ai se mudarem pra pior, escolho outro serviço...
Possivelmente o Allure. Mas deixa o tempo passar, pra ver como as coisas vão ficar...

Leonardo Bos

Agora que a ms comprou ja vem blog aleatório influenciando pra sair dele, como se esse post nao fosse feito num pc com windows. :v
Quem fez esse post nem deve ter conta no github
Criem vergonha na cara com esses caça clique

Carlos Cabral

Gameloft, Electronic Arts, Rovio, Disney, Ubisoft, 505 Games, Square Enix, Blizzard, Valve, entre outras, já suportam Metal.

Régis Tomkiel

Pensar nisso é um pouco paranoico.
Trata-se de um serviço, independente de quem oferece.
Eu particularmente não tenho nada contra o Azure ou Google Cloud, mas acho eles meio salgados para projetos menores.
Dificilmente vão ficar xeretando nos teus projetos, a não ser que no contrato tenha uma clausula sobre isso...
Claro, entra a questão de uma solicitação judicial e a facilidade de abrir as pernas...

Zé das Covi

indicar o VTS foi só uma piada amigo, o resto q tu falou não entendi nada.
Fiquei mais perdido que pedófilo em festa de anão.

André Machado

Mimimi... o "usuário e defensor do software livre e open source" usa drivers proprietários da placa de vídeo, tem vários jogos da Steam baixados, uma tonelada de filmes e de mp3 obtidas de sites de torrent, um celular Android cheio de apps proprietários da Google e da PlayStore, uma paixão não correspondida pelos produtos da Apple e está tudo bem. No entanto, basta a Microsoft comprar o GitHub e começa o Apocalipse!

Helliton Soares Mesquita

Nem um, nem outro. Meu argumento, pelo menos é o risco da Microsoft estragar um produto, não sei quais são os outros argumentos. Também não gostaria que o Facebook comprasse. A Google quem sabe, ela melhorou o Android e o Youtube. Mas tem seus fracassos também.

Helliton Soares Mesquita

Se fosse o Facebook, eu também ficaria irritado.

Helliton Soares Mesquita

Na época de criar o Metal, também foi proposto o Vulkan e o DX12 com a promessa de se aproximar do hardware. Em todos os anúncios foi recebido bem pela imprensa, comunidade gamer e de desenvolvedores. A Apple seguiu um caminho agora lento de beneficiar sua própria API. Isso, não vira noticia, noticia é: Apple diz que Vulkan morreu, ou Apple anuncia que não terá Vulkan no Mac. A depreciação acontece mesmo, mas ela é lenta por isso não tem comoção mesmo.

Helliton Soares Mesquita

Se o cara usa VSCode, ele não tem nenhum preconceito com produtos Microsoft. E sim, eu particularmente tenho preconceito com a Microsoft. Preconceito, não porque ela não estragou um produto antes, e sim porque pode ser que a Microsoft não faça o mesmo nesse caso.

Exibir mais comentários