Início » Comportamento » AMD anuncia processador Threadripper com 32 núcleos

AMD anuncia processador Threadripper com 32 núcleos

Por
1 ano atrás

A Computex 2018 foi o evento escolhido pela AMD para apresentar a segunda geração dos processadores de alto desempenho Ryzer Threadripper. A ordem aqui é não economizar nas especificações: o novo chip terá 32 núcleos. Se o chip de 28 núcleos que a Intel apresentou recentemente impressiona, imagine este.

AMD Threadripper

O AMD Threadripper 2 trará 32 núcleos de 3 GHz (3,4 GHz em turbo, mas esta frequência pode mudar até o lançamento), além de 64 threads. O cache vai ter 64 MB e o TDP deverá alcançar 250 W contra os 180 W da geração anterior. Sim, o aumento do poder de fogo tem lá suas consequências. Apesar disso, a AMD dá a entender que refrigeração com coolers continuará sendo suficiente para o processador.

Como previsto, o Threadripper 2 terá como base os dies Zeppelin com processo de fabricação de 12 nanômetros. Cada um tem oito núcleos. Na verdade, a AMD usou o Zeppelin para fazer a primeira geração alcançar os 16 núcleos, mas deixou desativados dois dos quatro dies existentes. A nova geração terá todos os dies ativados para chegar aos 32 núcleos, a exemplo dos chips Epyc para servidores.

Mas há algumas questões em aberto, como o fato de o chipset X399 necessário para os processadores Threadripper só suportar quatro canais de memória, mas a ativação de todos os dies fazer com que haja oito. Isso indica que metade dos dies não deverá ter acesso direto à memória, aumentando a latência. Porém, a AMD sinaliza que isso causará pouco ou nenhum impacto no desempenho geral.

Novo AMD Threadripper

Não há data exata para o lançamento do Threadripper 2, mas a companhia afirma que as primeiras unidades devem chegar em agosto. Haverá mais de um modelo, incluindo um com 24 núcleos, possivelmente. Placas-mãe para os novos processadores também deverão ser anunciadas: elas provavelmente terão o mesmo chipset das atuais (o X399), mas estarão mais bem preparadas para lidar com o aumento do consumo de energia.

Placa de vídeo Vega de 7 nanômetros

O novo Threadripper não é a única novidade da AMD na Computex. A companhia também deu uma amostra de como serão as suas próximas placas de vídeos: a unidade demonstrada no evento é uma Radeon Vega Instinct com 32 GB de memória HBM2 e arquitetura GCN de quinta geração que vem para ser a primeira com processo de fabricação de 7 nanômetros.

Vega de 7 nanômetros

Vega de 7 nanômetros

Como sempre, o objetivo aqui é aumentar o desempenho. A AMD deu poucos detalhes sobre a novidade, mas sabe-se que ela será destinada inicialmente a aplicações de inteligência artificial e aprendizagem de máquina.

Os planos da AMD eram o de lançar a nova geração de GPUs em 2019. Mas as primeiras unidades devem chegar ao mercado até o final de 2018.

Com informações: AnandTech, The Verge.