Início » Legislação » ZTE pagará multa de US$ 1 bilhão para evitar sanções dos EUA

ZTE pagará multa de US$ 1 bilhão para evitar sanções dos EUA

Por
27 semanas atrás

A fabricante chinesa ZTE chegou a uma solução para evitar novas sanções do governo dos Estados Unidos. A empresa aceitou pagar um multa de US$ 1 bilhão e incluir uma equipe de compliance escolhida pelas autoridades.

Ela também se comprometeu a definir em até 30 dias um novo conselho e um novo time executivo, que receberá os relatórios de compliance. A companhia ainda deu uma garantia de US$ 400 milhões para possíveis violações no futuro.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (7) pelo secretário americano de Comércio, Wilbur Ross, à CNBC. A ZTE recebeu a nova multa por conta de uma longa história, que começou com a venda para o Irã e a Coreia do Norte de produtos fabricados nos EUA, como roteadores e servidores.

Acordos com esses países são proibidos pelo governo americano e levaram a uma multa inicial de US$ 890 milhões. Na ocasião, a ZTE afirmou que puniu os envolvidos na negociação, mas mentiu, segundo os EUA.

Isso levou a uma decisão mais drástica por parte do governo americano: proibir que qualquer empresa americana fornecesse produtos à ZTE. Na prática, a medida impediria as atividades da empresa, que tem parcerias com Google e Qualcomm, por exemplo.

O acordo faz com que a ZTE, que emprega mais de 75 mil pessoas, possa continuar fabricando seus produtos. No entanto, a decisão não foi bem recebida por políticos dos dois partidos no Congresso. Eles pretendem se unir para rejeitar a medida.

Com informações: Engadget, TechCrunch.

Mais sobre: