Início » Negócios » Itaú quer as mesmas regras para bancos tradicionais e fintechs

Itaú quer as mesmas regras para bancos tradicionais e fintechs

Por
13/06/2018 às 15h45
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

O Itaú não vê problemas no surgimento de novos concorrentes, mas entende que tanto os bancos convencionais, quanto as fintechs precisam seguir as mesmas regras. A declaração foi feita na terça-feira (12) pelo presidente do grupo Itaú Unibanco, Candido Bracher, no congresso Ciab Febraban.

Para ele, “empresas que fazem a mesma coisa precisam ser reguladas da mesma maneira”. Durante sua palestra, o executivo disse que as fintechs conseguem ser bastante eficientes, mas ainda não conseguem oferecer uma grande variedade de serviços como os bancos tradicionais.

Banco Itaú (Foto: Flickr/thomashobbs)

Bracher afirmou que o Itaú tem investido muito em novas tecnologias. Nos últimos dois anos, o banco aumentou o investimento nessa área em 40%. Desde 2015, os novos projetos já impactaram cerca de 5 milhões de clientes.

Uma dessas ferramentas é o Teclado Itaú, que permite agilizar transferências ao se integrar com apps como WhatsApp e Messenger. Lançada há algumas semanas, a ferramenta já conta com 600 mil usuários.

Sem citar números, o presidente do Itaú também disse que o Apple Pay, exclusivo do banco, se tornou a carteira digital mais usada no Brasil. E o foco no avanço tecnológico parece estar trazendo ótimos resultados para o banco.

Atualmente, 69% do lucro líquido do Itaú vem de produtos digitais. Em 2015, a participação era de apenas 32%. O crescimento indica que o banco deverá manter a concentração em novas tecnologias por bastante tempo.

Com informações: TeleSíntese, Mobile Time.

Mais sobre: