Tecnoblog

Teclado SwiftKey ganha versão para Windows 10

Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Teclados virtuais não nativos são relativamente comuns no Android e iOS, mas não no Windows. Mas isso começou a mudar: nesta semana, a Microsoft anunciou a chegada do SwiftKey ao Windows 10. A novidade já está disponível na build 17692 do sistema operacional para os usuários do programa Insider.

É uma escolha óbvia. O SwiftKey pertence à Microsoft desde 2016. O valor nunca foi confirmado, mas estima-se que a empresa desembolsou cerca de US$ 250 milhões no negócio. Apesar disso, não havia grandes expectativas sobre o lançamento de uma versão do SwiftKey para Windows. Na época, falava-se apenas que a Microsoft queria incorporar as tecnologias de inteligência artificial do teclado.

A intenção da companhia, agora, é a de permitir que os usuários que usam o Windows 10 em equipamentos com tela tátil — notebooks híbridos e tablets Surface, por exemplo — possam escrever mais facilmente.

O Windows 10 tem um teclado virtual nativo próprio para painéis táteis, mas o recurso simplesmente simula um teclado físico. Para quem não conhece (alguém não conhece?), o SwiftKey funciona de um modo diferente: basta arrastar o dedo sobre as teclas para forma a palavra desejada, como mostra o GIF acima.

Uma das características mais interessantes do SwiftKey é o uso de inteligência artificial para, entre outros atributos, a ferramenta aprender o padrão de escrita do usuário e, assim, identificar as palavras mais usadas ou corrigir erros frequentes.

Outra característica importante é o suporte a vários idiomas. A versão para Windows funciona em alemão, espanhol, francês, inglês (americano e do Reino Unido), italiano, português do Brasil e russo.

O SwiftKey para Windows 10 ainda está em testes, mas deverá ser liberado gratuitamente para a versão final do sistema operacional até o fim do ano. Não está claro se será possível sincronizar o teclado virtual com as versões da ferramenta para dispositivos móveis.