Vimos o Bradesco lançar algumas iniciativas centradas no smartphone, como o banco Next controlado por app, suporte ao Google Pay e — em breve — ao Apple Pay. Desta vez, temos um cartão pré-pago que pode ser solicitado através de um aplicativo. Confira os detalhes.

O Bradesco DIN não requer comprovação de renda nem análise de crédito, como de praxe em cartões pré-pagos. Você pode solicitá-lo através do aplicativo para iOS e Android, ou no computador através do site oficial.

Cadastro

O processo no aplicativo é relativamente simples: você toca em Primeiro Acesso, insere seus dados — nome, CPF, endereço, renda mensal — e escolhe o modelo do cartão.

São três opções: bandeira Elo, bandeira Visa, ou uma versão comemorativa da Copa do Mundo (apenas na bandeira Visa). O cartão Elo oferece 50% de desconto em ingressos do Cinemark, além de Wi-Fi grátis em pontos espalhados pelo Brasil e exterior.

Então, você terá que pagar um boleto de R$ 10 que corresponde à tarifa de emissão. É possível usar o código de barras ou gerar um PDF. O cartão será enviado para seu endereço.

Uso

O Bradesco DIN pode ser usado para compras no Brasil, no exterior e em sites de e-commerce, sempre na função crédito. Além disso, você pode realizar saques nacionais — em máquinas de autoatendimento do Bradesco e do Banco24Horas — e também internacionais.

Será possível usar o cartão pré-pago para recebimento de salário a partir de 1º de julho, graças a uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN). Basta fazer o pedido no banco em que você atualmente recebe o dinheiro. A regra também vale para contas digitais como NuConta e PagSeguro.

A maior limitação está em inserir dinheiro na conta. Se você não for correntista do Bradesco, só poderá realizar depósitos na rede Bradesco Expresso, com 65 mil pontos espalhados no Brasil, concentrados em pequenas empresas — confira o mapa aqui.

No entanto, se você for correntista, poderá fazer transferência de diversas formas, seja pelo app, agência, caixa eletrônico ou Banco24Horas.

Tarifas

Visualizar as tarifas do Bradesco DIN é mais difícil do que deveria, tanto no app como no site oficial. Eu só consegui ter acesso aos valores depois de fazer o cadastro e solicitar o cartão (mas sem pagar o boleto com a tarifa de emissão).

Estas são as tarifas para as bandeiras Visa e Elo:

  • saque nacional: R$ 1,90
  • saque internacional: R$ 20
  • transferência para Bradesco DIN: R$ 0
  • TED para Bradesco e outros bancos: R$ 5
  • emissão do cartão: R$ 10
  • manutenção de cartão: R$ 2,99
  • reemissão de cartão: R$ 20

O Bradesco DIN cobra inclusive por transferências para clientes Bradesco; a única exceção fica para outras contas pré-pagas do banco. E cada saque também é cobrado. O limite mensal para saque é de R$ 3 mil; e há um limite mensal para depósitos, também de R$ 3 mil.

Os pagamentos com o cartão não têm taxa nem limite. Os termos de uso mencionam “pagamento de boletos de cobrança” como uma das transações possíveis, mas não encontrei essa opção nem no app, nem no site — talvez isso seja possível apenas na rede Bradesco Expresso.

Pagamentos no exterior serão convertidos para dólar dos EUA (se já não estiverem nessa moeda) usando a cotação vigente no momento, e serão cobrados “demais encargos” como o IOF. O cartão só poderá ser carregado em reais.

Caso o cartão fique inativo por seis meses, sem realizar qualquer transação ou movimentação e sem ter crédito, ele será cancelado automaticamente.

O Bradesco acredita que o DIN terá “finalidades como cartão mesada, cartão presente, pagamento de terceiros e com empresas parceiras”. Você se interessou?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Arnaldo Probo

...

HCtT

Se não houver crédito para a manutenção eles acumulam? Ou é como outros cartões que só fazem a cobrança se tiver saldo e caso não tenha não cobram?

HCtT

Êta que minha resposta saiu torta, vamo de novo!

Lá na aba dos "Pré-Pagos" tem ele sim, devem ter atualizado entre sua postagem e agora, tem coisa que no site demora pra atualizar mesmo. Não deveria mas hey!

HCtT

Puts, a mensagem é antiga, mas vou tentar de qualquer forma: pra transferir dinheiro pro do pagseguro tem o Bradesco como opção de transferência? Estava usando o AcessoCard justamente por ele ter isso mas removeram. :/

HCtT

Pois é! Eu tenho o AcessoCard mas vou parar de usar pois recentemente as reclamações subiram bastante, e, além disso, removeram o Bradesco dos bancos que se podia fazer transferência pro cartão, o que tirou totalmente sua utilidade pra mim como forma de pagamento rápida (se for pra recarregar por boleto, pago a compra direto por boleto já, né)

Mudaram um bocado, e não foi pra melhor.

Sem contar a mensalidade deles que subiu quase 1 real.

Drop

Cê acha R$1,90 para fazer saque um absurdo? O Acesso cobra R$8,95.

Reginaldo Ribeiro

O valor fica disponível imediatamente após a transferência via app do próprio bradesco, como você disse, para correntistas, tem algum apelo.

Anderson Wergutz Flip

Meu nome é Moro, Sergio Moro..

Cem anos no Cárcere. Ou: de lá para o inferno..

Que os dias se tornem anos, Lula da Silva, e que você reencontre sua liberdade na companhia do Cramunhão, do Chifrudo, do Coisa-ruim..

Cem dias e o Brasil não acabou. Nada de sangue nas ruas, nada de guerra civil… nada de nada. Não fossem as presepadas diárias da turba de doutores e nem o nome dessa peste ouviríamos mais falar. Lula encontrou o lugar que merece: a cadeia, o ostracismo, o ocaso...

Jhowfrann Silva

ACREDITO QUE SEJA "G-O-L-P-E"!!!!

SOLICITEI O CARTÃO DA EDIÇÃO LIMITADA DA COPA.

LIGUEI NO 4003-0708 E NÃO TEM OPÇÃO PARA FALAR COM ATENDENTE. APENAS DIGITAR O NÚMERO DO CARTÃO (COMO SE ELES NÃO DERAM BAIXA NO PAGAMENTO), OU OPÇÃO DE CANCELAR (MAS A LIGAÇÃO CAI)

E-MAIL ELES NÃO RESPONDEM.

NO SITE OFICIAL DO BRADESCO FALA SOBRE OUTROS CARTÕES PRÉ-PAGOS, MAS NÃO SOBRE ESSES AÍ.
https://banco.bradesco/html...

Henrique Picanço

Cara, nem todos os lugares da Internet oferecem opção para comprar com um cartão de débito ou boleto, e não há obrigação por parte do banco, em fazer benevolência, oferecendo cartão de crédito sem custos. Há um custo que acham justo - e eu concordo com isso.

Para mim, um cartão pré-pago faz sentido. Não tenho fatura, uso o cartão como crédito, é impossível ficar no vermelho. E o banco pode me cobrar alguma taxa - é direito de quem oferece o cartão, direito de quem for a bandeira. a questão é encontrar o melhor custo vs. benefício.

Fabio costa

Não entendo como pensa as pessoas, pois só deveríamos pagar taxas quando nos é oferecido algo como créditos limites para empréstimos ou descontos e vantagens, os pré-pagos não oferecem nada, você pode depositar seus recursos em poupança e comprar a vista com descontos muito maiores que utilizar o crédito, sem falar que a poupança não cobra nada, já fiz isso. Agora gasta dinheiro com algo que não oferece nada quem quer.

Henrique Picanço

Para mim, é um preço a pagar. Não tenho como arcar com crédito, mas ainda queria um cartão de crédito para compras virtuais, nacionais ou não. Esses cartões pré-pagos suprem bem essa demanda, a questão é que tem que ter ciência de quem está o oferecendo - e do quanto ele quer em troca. Bancos nunca foram de oferecer coisas de graça, mesmo.

Henrique Picanço

Algumas empresas têm mais taxas, outras tem menos, mesmo. Eu por exemplo, tinha um da SuperDigital. 10 reais/mês, que me dava direito a um cartão físico e outros quatro virtuais, e algumas coisas gratuitas por mês, como saques, extratos e transferências.

Decidi trocá-lo quando eu percebi que eu só queria um cartão com a função crédito mesmo, e que "o que vinha na cesta" não me importava.

Jordan Pablo

Tenho um do PAGPRONTO, uma droga come todo mes 5 reais é melhor usar da caixa mesmo rs

Leandro Nascimento

Melhor continuar no meu Neon e recomendar ele pra todo mundo...

Exibir mais comentários