A AES Eletropaulo, concessionária de energia elétrica de São Paulo, ganhou o direito de cortar os cabos da Claro/NET, Oi, TIM e Vivo se eles estiverem desordenados, ou não tiverem identificação. Por isso, as operadoras tiveram que agir.

Abraão Balbino e Silva, superintendente de competição da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), diz ao TeleSíntese que a retirada dos cabos não-identificados já começou.

Foto por Cory Doctorow/Flickr

Em decisão conjunta, a Anatel e a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) ordenaram as quatro operadoras a arrumar a bagunça em 2.129 postes de São Paulo até o dia 17 de julho. “Quem não se adequar terá os cabos cortados”, diz Sidney Simonaggio, vice-presidente de relações externas da Eletropaulo, em comunicado.

Balbino acredita que esse prazo talvez precise ser estendido “por dificuldades de acesso em algumas ruas”, mas cabe à Aneel decidir.

Além disso, a Eletropaulo vai regularizar mais 2.597 postes distribuídos em oito bairros da capital paulista. Isso engloba a Vila Olímpia, Lapa, Liberdade, Perdizes, Consolação, Vila Mariana, Tatuapé e Pinheiros.

São três etapas. Primeiro, as operadoras identificam seus cabos em cada poste. Depois, a Eletropaulo retira os fios clandestinos. Por fim, ela reordena os cabos que restaram. Isso está sendo feito em conjunto com a prefeitura.

Esse projeto está sendo realizado em cinco etapas, e a primeira delas — na Vila Olímpia, Lapa e Liberdade — deve ser concluída em agosto. O cronograma e os mapas das ruas afetadas seguem abaixo.

Vila Olímpia

Lapa

Liberdade

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Doug

Bizarro, meu caro. Trata-se de um país corrompido de norte a sul, em todas as esferas!

Adriano De Lima

Uma hora vai ter que ser feito e quanto mais demora, mais caro fica. E ficar pagando cabo detonado em poste também não é barato.

ochateador

Tem que ver se está tudo regularizado na prefeitura.
Se a infraestrutura básica não estiver regularizada na prefeitura, basicamente quase todas as empresas ignoram o local.

SiouxBR

O ideal seria que toda a fiação fosse subterrânea, porém tanto as concessionárias de telefonia quanto a de energia preferem usar aéreo pois fica mais barato.

Frederico Martins

Banal é ficar sem energia, por exemplo, banal é dar desculpa para seguir desorganizado. Banal é sempre existir uma desculpa pra não se cumprir as regras. Banal é chegar onde chegamos.

Frederico Martins

Aconteceu o mesmo aqui, mas o bruto derrubou foi o poste, que veio junto com a fiação e ficamos 24h sem energia.

Frederico Martins

Só uma correção: DEVE ser cortado, a família indiciada, e se for o caso preso o responsável. Nós que pagamos pelo furto de energia.

Frederico Martins

Garanto que é bem pior ficar 24h SEM energia. Pq nem vc tem internet nem telefone (maioria é sem fio hoje). Aqui em casa por conta dessa irresponsabilidade um caminhão (tb irresponsável) passou e arrastou um fio baixo, e junto com ele o poste e advinha: o fio de energia da casa. Então fera, bem melhor sem internet do que sem energia.

Frederico Martins

Meu amigo aqui em Fortaleza roubaram os canos dos semáforos. Kkkk E basta reinstalar que roubam de novo. E são semáforos de rua movimentada viu. Imagine aí.

Marcos

Se não ameaçar cortar geral, as operadoras não se mexem. O poste na frente da casa da minha mãe tem uma massaroca de fios tão grande que o cara da NET tocou um alicate e arrancou tudo porque não tinha mais onde prender cabo.

Thalles Ferreira

Eu conheço bastante, trabalho do lado, pior que a baixada do Glicério nesse aspecto. Mas tem muito lugar pior ou igual que não vai ser investido nada. Essa é minha crítica. Projeto pra gringo ver.

Thalles Ferreira

Tem uma diferença entre priorizar e minimamente planejar. Óbvio que não espero prioridade, mas não constar em cronograma já mostra a importância...

Eduardo o

Custo esse de 3,50 por parte das grandes operadores. Para os pequenos, já totalizando 40% dos acessos a banda larga no Brasil, e em locais desprezados pelas grandes teles, media de valor por poste é de 15 reais, e pasmem, se um pequeno provedor de acesso pedir para instalar em locais como este, recebe negativa, onde por poste como este apenas 2 grandes teles pagam 3,50 e fazem grande parte disso!

Rodolpho Camargo

Povo não tem noção mesmo, querendo comparar Liberdade com periferia.

X-Tudãoᴳᴼᵀ

Sim, na minha city tem galerias em alguns quarteirões assim como cidades turísticas como Gramado tem, mas acho que não há nenhuma cidade inteira com galerias aqui no Brasil.

Exibir mais comentários