Início » Games » PUBG Corp desiste de processo por direitos autorais contra criadora de Fortnite

PUBG Corp desiste de processo por direitos autorais contra criadora de Fortnite

Por
34 semanas atrás

Que rápido. Em maio, a PUBG Corp decidiu processar a filial coreana da Epic Games, desenvolvedora de Fortnite, por violação de direitos autorais. Então, semanas depois, a empresa por trás de PlayerUnknown’s Battlegrounds desistiu da ação judicial.

A PUBG Corp confirmou à Bloomberg que o processo foi encerrado, mas não explicou o motivo nem revelou se houve um acordo extrajudicial.

Como nota o The Verge, a ação judicial talvez fosse difícil de provar e vencer, porque Fortnite usou as ideias de PUBG, não necessariamente o conteúdo do jogo — eles têm visuais bem distintos.

Vale lembrar que a chinesa Tencent, um dos maiores conglomerados do mundo, tem participação na PUBG Corp e também na Epic Games. Ela é acionista minoritária — ou seja, não é efetivamente a dona — mas pode ter influência o bastante para resolver disputas entre as duas.

E, para complicar mais a situação, PUBG é desenvolvido na Unreal Engine, assim como diversos outros jogos. Essa tecnologia foi criada e licenciada pela Epic Games.

PlayerUnknown’s Battlegrounds ajudou a popularizar jogos do gênero “battle royale”, em que 100 jogadores disputam espaço numa ilha até sobrar apenas um vencedor. Ele tem mais de 400 milhões de jogadores registrados, e vendeu mais de 50 milhões de unidades no PC e Xbox. A versão para iOS e Android é gratuita.

Enquanto isso, Fortnite é gratuito em todas as plataformas, e incorpora o battle royale com alguns elementos adicionais: é possível construir torres, rampas e fortes para ajudar nas partidas. Ele faturou US$ 318 milhões com a venda de itens opcionais, como passes de temporada.

PUBG está perdendo popularidade, seja no número jogadores simultâneos ou em transmissões ao vivo no Twitch. O jogo está tentando reconquistar espaço com uma promoção no Steam, um novo mapa (Sanhok) e um serviço de assinatura chamado Event Pass.

A PUBG Corp ainda está processando a Netease Games por violação de direitos autorais em dois jogos para celular, Rules of Survival e Knives Out, que adotam o conceito de battle royale.