Início » Celular » OnePlus promete dois anos de atualizações do Android

OnePlus promete dois anos de atualizações do Android

E três anos de correções de segurança

Paulo Higa Por

Em regra, as fabricantes de smartphones não divulgam suas políticas de atualizações de software: sabemos que topos de linha costumam receber duas grandes versões do Android; que algumas empresas são mais lentas que outras; e que muitos celulares não receberão nenhuma atualização. A OnePlus resolveu simplificar as coisas: ela publicou um cronograma que se aplica a todos os aparelhos desde o OnePlus 3.

O cronograma mostra que a OnePlus se compromete a liberar novas versões do Android por 24 meses após a data de lançamento do smartphone (considerando as variantes “T”), o que inclui novos recursos de sistema e correções bimestrais de segurança. Depois disso, os proprietários ainda terão mais 1 ano de suporte estendido com pacotes de segurança disponibilizados a cada dois meses.

Isso significa que o OnePlus 3 (lançado em junho de 2016) e o OnePlus 3T (lançado em novembro de 2016) terão atualizações regulares do Android até novembro de 2018 e correções bimestrais de segurança até novembro de 2019. Para os proprietários desses aparelhos, um novo beta aberto será liberado até o final da semana.

Como isso se compara aos concorrentes?

O Google é uma das poucas empresas que também divulga sua política. Na primeira geração de smartphones Pixel, as atualizações eram garantidas “por pelo menos dois anos a partir da disponibilização do dispositivo na Google Store”. A partir do Pixel 2, isso subiu para “pelo menos três anos”. Com isso, o Pixel 2 e o Pixel 2 XL terão novas versões do Android e correções de segurança até outubro de 2020.

A Motorola costumava ter “atualização garantida para a próxima versão do Android”, mas parou de ressaltar isso nos lançamentos recentes. No entanto, historicamente, os Moto Z e Moto X recebem duas atualizações de versão; os Moto G recebem uma atualização de versão; e os Moto E e Moto C não recebem nada.

A Samsung é uma caixinha de surpresas, mas tem um comportamento consistente nos topos de linha: os Galaxy S e Galaxy Note geralmente recebem duas atualizações de versão. Os Galaxy A também ganham duas, mas vale lembrar que eles já chegam defasados ao mercado, com uma versão anterior do Android. Já os Galaxy J (exceto modelos de baixíssimo custo) recebem uma.

A Apple também não divulga seus planos, mas tem estendido seu prazo de atualizações nos últimos anos: o iPhone 4 (2010) foi do iOS 4 ao iOS 7.1.2; o iPhone 4s (2011) foi do iOS 5 ao iOS 9.3.5; o iPhone 5 (2012) foi do iOS 6 ao iOS 10.3.3; e o iPhone 5s (2013), lançado com iOS 7, receberá o iOS 12 e suas atualizações de segurança ao longo de 2019.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno

Só paro de utilizar meu 3T quando quebrar de vez!

Bruno Martins Santana

Tou usando um Moto E 2014 (pq fui roubado),
instalei uma Rom Custom com Android 7.1 (LineageOS) e o FDP tá me surpreendendo, pq roda tudo ainda (app's basicos e uns jogos leves com um SD de 64GB em um celular com 4GB),
conheço um povo com Moto G (2013) com a mesma situação e ainda bem satisfatórios.
Acredito que os Smart em geral, deveriam sim receber atualizações por mais tempo, pq se até um Moto E 1ª Ger Aguenta, obvio q um Galaxy S5 ou um Xperia Z2 aguentariam ainda mais;
Sorte que temos vários filhos do lendário Cyanogem por ai.

Fábio Moser

Vou falar sim, obrigado pela dica! Quem sabe eu não aproveite também! ✌🏻

Hemerson Silva

VIVA XIAOMI!!!!!!

André Silva

Só importando. Foi minha primeira importação, comprei em Setembro passado, levou 26 dias.

Se ele planejar importar, fale para ele entrar nos grupos do OnePlus Brasil que tem no Facebook, sempre que aparece cupons de ofertas eles colocam lá.

Rookie naz

Se não me engano o one X era meio "problemático" pra época tirando o suporte às atualizações.

Fábio Moser

Olha que coincidência, hoje um amigo meu me perguntou se a OnePlus comercializa aparelhos no Brasil. Mas não tem né, só importando também...

Sir Nighteye

Não cara....esquece isso aí...oneplus tá boa do jeito que tá já

Ed. Blake

O contexto era outro.

Como não tinha um SoC intermediário realmente decente na época, soltaram o aparelho com um SoC de top de linha dois anos atrasado, a Qualcomm dropou o suporte ao SoC logo em seguida, não tinha como atualizar um aparelho novo e os usuários tiveram a pior experiência possível (dada a expectativa em relação à marca).

Hoje dá pra você usar tranquilamente um SnapDragon 630, 636, 660 ou a linha 700 dependendo da faixa de preço que quer atingir e ainda ter um aparelho com performance excepcional e excelete custo-benefício. Até mesmo a linha 400 hoje não faz feio em performance mas não acho que seria o perfil da OP.

Burnerman_X

Já tentaram com o OnePlus X e foi um fracasso. Desde então desistiram da linha intermediária.

Jorge Luis

e dizem que ficou menos lento com o ios 12.

Ed. Blake

Agora tudo o que precisam é de um aparelho intermediário com a política de preços camaradas dos tops de linha pra concorrer com a Xiaomi.

Aí amigo, já era o gasparzinho comunista.

Gertrudes, a Lhama

A Google não vende direito nem nos países onde vende ainda, pelo que vejo.

Galera reclama direto que nunca tem disponível, principalmente na Europa. Além de continuar caro

André Silva

Houve notícias de que eles iriam começar a vender aqui, isso no ano passado. Até agora nada, infelizmente.

Anyway, eu tenho um OnePlus 5, de longe a melhor experiência Android que já tive. Performance, bateria, as funcionalidades adicionais da Oxygen OS - excelente. Não me vejo mudando para outra marca.

Samuel Vieira

O xiaomi mi 6 veio no Android 7, já está no 8. E provavelmente receberá o 9 tbm. Então está ótimo

Exibir mais comentários