Início » Gadgets » Microsoft diz que Andromeda é um Surface dobrável em documento vazado

Microsoft diz que Andromeda é um Surface dobrável em documento vazado

Por
29/06/2018 às 16h59
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Desde o ano passado, circulam rumores de que a Microsoft está preparando um dispositivo chamado “Andromeda”, que seria portátil e teria duas telas. Segundo um documento vazado, ele fará parte da linha Surface e caberá no bolso.

A Microsoft descreve o Andromeda como “um novo formato do Surface que cabe no bolso e reúne novas experiências inovadoras de hardware e software, para criar uma experiência de computação realmente pessoal e versátil”, segundo o The Verge.

Conceito do Andromeda por David Breyer

No ano passado, fontes disseram ao Windows Central que o Andromeda seria um aparelho dobrável com duas telas e Windows 10. Ele seria um caderno digital, focado em escrever com uma caneta stylus; e poderia alternar entre o formato de tablet e de smartphone.

Vale notar, no entanto, que o Andromeda não é pensado para substituir o smartphone. A Microsoft já mudou seu foco, se concentrando em levar apps para iOS e Android, em vez de investir em um sistema móvel próprio.

Segundo o Thurrott, o Andromeda está previsto para ser lançado ainda em 2018. Ela estaria interessada em criar uma nova categoria de produtos, nos limites entre “computação móvel e estacionária”, e quer que parceiras OEM lancem hardware semelhante — assim como foi com o Surface.

Patente de dispositivo dobrável registrada pela Microsoft

No entanto, fontes dizem ao The Verge que a Microsoft pode cancelar o Andromeda “a qualquer momento”. Ela já fez isso antes, desenvolvendo um tablet Surface Mini que serviria como um caderno digital, e cancelando-o semanas antes do lançamento. (Ele rodava Windows RT, e o Windows 10 ainda nem havia sido lançado.)

E, claro, nunca vimos o Courier, tablet com duas telas cujo projeto foi cancelado em 2010. Este tablet de duas telas se abriria como um caderno, e teria foco em escrita com caneta stylus. Será que agora vai?