Desde o ano passado, circulam rumores de que a Microsoft está preparando um dispositivo chamado “Andromeda”, que seria portátil e teria duas telas. Segundo um documento vazado, ele fará parte da linha Surface e caberá no bolso.

A Microsoft descreve o Andromeda como “um novo formato do Surface que cabe no bolso e reúne novas experiências inovadoras de hardware e software, para criar uma experiência de computação realmente pessoal e versátil”, segundo o The Verge.

Conceito do Andromeda por David Breyer

No ano passado, fontes disseram ao Windows Central que o Andromeda seria um aparelho dobrável com duas telas e Windows 10. Ele seria um caderno digital, focado em escrever com uma caneta stylus; e poderia alternar entre o formato de tablet e de smartphone.

Vale notar, no entanto, que o Andromeda não é pensado para substituir o smartphone. A Microsoft já mudou seu foco, se concentrando em levar apps para iOS e Android, em vez de investir em um sistema móvel próprio.

Segundo o Thurrott, o Andromeda está previsto para ser lançado ainda em 2018. Ela estaria interessada em criar uma nova categoria de produtos, nos limites entre “computação móvel e estacionária”, e quer que parceiras OEM lancem hardware semelhante — assim como foi com o Surface.

Patente de dispositivo dobrável registrada pela Microsoft

No entanto, fontes dizem ao The Verge que a Microsoft pode cancelar o Andromeda “a qualquer momento”. Ela já fez isso antes, desenvolvendo um tablet Surface Mini que serviria como um caderno digital, e cancelando-o semanas antes do lançamento. (Ele rodava Windows RT, e o Windows 10 ainda nem havia sido lançado.)

E, claro, nunca vimos o Courier, tablet com duas telas cujo projeto foi cancelado em 2010. Este tablet de duas telas se abriria como um caderno, e teria foco em escrita com caneta stylus. Será que agora vai?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eduardo Braga

Interesse todo mundo tem. Agora, poder comprar são outros 500

Fábio Moser

Mas poxa, eu vejo gente usando Galaxy S9 e iPhone X por todos os lados. Será possível que o povo não teria interesse nos Google Pixel ou nos Surfaces? rs

Eduardo Braga

Acho que eles, como o Google, sabem que esses produtos não vão vender bem. O maior fator sendo o preço. Na verdade, acho que não sei nenhum outro impedimento. Eles sabem, a gente sabe: tudo ia ser caro por aqui.

Luis de Vaz Lobo

Se conseguirem um "telefone" que consiga rodar jogos w10/ xbox one terão meu money...assim que eu enricar...

Fábio Moser

Pois é, deveriam atender mais países, mas a MS tem sido muito cautelosa com mercados em que ela tem pouca expressividade, como o Brasil.

Já ouvi rumores de que a Dell estaria desenvolvendo um dispositivo semelhante, esse tem mais chances de chegar aos mercados aonde os Surface ainda não chegaram.

#VAICORINTHIANS

Deu certo mas a MS é lenta demais, Surface e um aparelho do caralho vendido em meia dúzia de países, MS tá abrindo mercado para os outros somente.

Irineu Silva

Então ele existe mesmo, uau

Eliézer José Lonczynski

Se for cancelado extinguirá mais da metade dos fans por infarto, me incluo nessa.

Carlin

Rapaz, espero que seja algo que realmente surpreenda! A ideia de um dispositivo com duas telas, bateria e ainda caiba no seu bolso, não parece ser algo realmente pratico..

Molinex

Tecnologia tão inovadora, e eu só consigo pensar em piada velha kkk
Vou me abster nessa...

Tori

DESDE 2012 KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Fábio Moser

Deu certo quando a Microsoft criou o Surface Pro e abriu caminho para os dispositivos 2 em 1 e conversíveis. O mercado abraçou a ideia e até a Apple seguiu a tendência com o iPad Pro.

Vamos ver como vai ser agora com esse novo dispositivo. A caminhada será longa, mas tem tudo pra dar certo também, porque não?

Doug

Curioso é o sujeito criar um conceito com o papel de parede do iOS rsrs

Breno

Melhor aceitar calado, Tori. ...

Paul

Ah claro que ñ(boom do iPhone X). Kkkkk
Mas ele tá por aí.

Exibir mais comentários