Início » Celular » Smartphone com nove lentes pode ser lançado neste ano

Smartphone com nove lentes pode ser lançado neste ano

Por

Talvez você se lembre da L16, aquela bizarra câmera digital com nada menos que 16 lentes. Pois bem, a Light, startup por trás da invenção, está prestes a lançar outro dispositivo inusitado: de acordo com o Washington Post, a empresa vem trabalhando em um smartphone com nove lentes na traseira.

Hoje, o padrão do mercado são celulares com dois sensores na traseira e, em modelos como Galaxy A8 e Xperia XA2 Ultra, dois na frente. A Huawei aparece com uma honrosa exceção: o P20 Pro traz três câmeras na traseira.

Protótipo - smartphone Light com nove câmeras

Dificilmente a indústria como um todo irá seguir por esse caminho, porém. Sensores adicionais deixam o smartphone mais caro e é necessário que o aparelho tenha um bom conjunto de hardware para combinar as imagens de todas as câmeras sem prejudicar o desempenho geral. Nesse sentido, a ideia de um smartphone com nove lentes soa utópica.

Mas o Washington Post afirma que a proposta está mesmo em desenvolvimento. A Light já teria protótipos de smartphones com configurações variando entre cinco e nove lentes na traseira. Um desses protótipos é o que aparece na imagem mais acima. Note que são nove lentes, não dez: a “bolinha” mais clara na imagem é um LED para flash.

Por que um número tão grande? A Light diz que o aparelho será capaz de gerar fotos de até 64 megapixels, terá mais desempenho que os celulares convencionais nas imagens registradas em condições de baixa luminosidade e gerará efeitos de profundidade sofisticados.

Câmera Light L16

Câmera Light L16

Não está claro se a Light está conduzindo o projeto sozinha ou em parceria com algum fabricante tradicional de smartphones. Tampouco há amostras do que o dispositivo será capaz de fazer. De qualquer forma, a Light fala em lançar o aparelho até o fim do ano, o que significa que não deve demorar para termos mais detalhes.

Uma coisa é certa: se o smartphone for mesmo lançado, de barato ele não vai ter nada. Vai ser um produto de nicho, a exemplo da L16: a câmera está à venda no site da Light por US$ 1.950.