Os planos da Netflix poderão mudar em breve. Usuários de alguns países europeus, incluindo Espanha e Itália, notaram nos últimos dias a disponibilização de um novo plano chamado Ultra. O que ele tem de diferente? Basicamente, os mesmos recursos do atual plano Premium, só que com um preço maior.

Netflix

Hoje, a Netflix oferece três planos:

  • Básico: conteúdo em apenas uma tela por vez;
  • Padrão: até duas telas simultaneamente e alta definição (HD);
  • Premium: quatro telas simultaneamente e ultra alta definição (Ultra HD).

O plano Ultra surge como uma possível quarta opção. Possível porque a própria Netflix reconhece que esse pacote está em testes, razão pela qual só vem aparecendo para alguns usuários de determinadas localidades.

Veja também: Como encontrar filmes e séries 4K (Ultra HD) para assistir na Netflix

Por ser um teste, ainda não é possível saber com precisão as características do plano Ultra. As informações iniciais dão conta de que a novidade traria exatamente os mesmos recursos do plano Premium, havendo apenas uma diferença: o plano Ultra ofereceria conteúdo em HDR, enquanto assinantes Premium perderiam essa opção.

Netflix Ultra - HDR

Porém, para alguns usuários, o único diferencial que aparece para o plano Ultra é a disponibilização de “máxima qualidade de áudio”.

Agora vem a possibilidade mais preocupante: outros usuários notaram que a opção Ultra pode modificar os planos já existentes. O plano Padrão passaria a contar só com uma tela e, nessa circunstância, se diferenciaria do plano Básico apenas por exibir conteúdo em HD. Além disso, o plano Premium passaria a suportar duas telas em vez de quatro.

Para ter suporte a quatro telas e, aparentemente, conteúdo em HDR, o usuário teria que recorrer ao plano Ultra. Mas os preços também variam: dependendo do dispositivo usado para acessar a Netflix, o valor é de € 16,99; em outros, de € 19,99. Os planos Básico, Padrão e Premium perderiam recursos, mas continuariam com os mesmos preços (na Europa): € 7,99, € 10,99 e € 13,99, respectivamente.

Netflix Ultra - quatro telas

Para quem ficou preocupado com possíveis mudanças, a Netflix ressalta que, pelo menos por enquanto, tudo não passa de um teste. A companhia explica que está avaliando diferentes características para o plano Ultra no intuito de identificar os recursos que mais interessam aos usuários.

Dependendo do que a empresa constatar, o plano Ultra pode simplesmente não ser lançado.

Com informações: CNET, Cordcutting.com, TuttoAndroid.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

br px

ironia da ironia!? Inception? Sexta no globo reporter.

Claudius

Demorou para fazer m****
Tomara que o Premium continua do jeito que tá...

Jean Veiga Rodrigues

eu assisti via torrent mas me parece que já faz tempo que saiu na hulu

Marco Pacheco

Você tá certo cara... pra que pagar se podemos roubar!

DiGamer80

Nunca baixou um filme via torrent? Se subir pra 300 reais o teu Netflix tu vai continuar pagando pelo conteúdo legal? Aproveita e paga a minha também... hipócrita do caralho. E block.

Marco Pacheco

Por que pagar pelo conteúdo legal se podemos roubar ...

brazlocateli

Por isso eu não gosto muito de streamings, hoje ta tudo lindo amanhã a gente já não sabe como vai estar.
Prefiro os arquivos aqui comigo, sempre disponíveis e independentes da vontade de terceiros.

Janderson santos silva

Se reduzir as telas eu cancelo, puta burrada a Netflix tá fazendo, aí invés de aumentar uma ou duas telas, não, eles reduzem affs.

carlos vinicio

Pra mim apareceu o plano ultra, no valor de 45,90
Caríssimo, só isso a dizer.

angelobio

Acionistas querendo mais grana. Simples.

MTGR

Preferência é preferência. Eu não gosto de fazer gambiarra pra ver Hulu no Brasil.

Mas a questão era sobre o formato de distribuição Netflix vs. Prime. Onde muda?

Douglas from Brazil

(X) BINGO!!!

Jhon

( ) Voltar a estudar português pra entender figuras de linguagem como ironia

felipe cariocasg

já tem o ULTRA aqui para mim já...mais tá bom o premium.......ta de boa...

Bruno

A única maneira da Netflix se manter viva a longo prazo é tendo produções próprias. Depender de contrato com outras produtoras é um tiro no pé pois elas podem(e já estão fazendo) criar seu próprio serviço de streaming e simplesmente parar de fornecer pra Netflix.
E obviamente que a empresa quer 1 pessoa(casa) por conta...hoje eles até dizem para dividir a conta mas é porque estão pensando em incluir mais pessoas no serviço, fideliza-las e então fazer com que cada casa tenha a sua conta do Netflix.

Exibir mais comentários