Início » Computador » Estes podem ser os primeiros processadores Intel Core de nona geração

Estes podem ser os primeiros processadores Intel Core de nona geração

Documentos da Intel indicam que os primeiros modelos farão parte da família Coffee Lake S

Por
18 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Parece que a nona geração de processadores Core da Intel vai chegar até o final de 2018, mas, inicialmente, não será baseada em tecnologias de fabricação de 10 nanômetros — a companhia já explicou que chips do tipo não aparecerão antes de 2019. Ao que tudo indica, os novos processadores farão parte da família Coffee Lake S, de 14 nanômetros.

Processador Intel

Nesta semana, a Intel atualizou o seu guia de microcódigos. O documento consiste em uma tabela que lista as suas principais famílias de processadores. Alguns sites especializados, como o Tech Report, perceberam que a Intel cometeu um deslize nessa atualização: incluiu referências para chips de nona geração nas linhas da tabela direcionadas à família Coffee Lake S.

Percebendo o erro, a Intel agiu rápido. Se você acessar o guia de microcódigos agora (PDF), vai notar que as referências para as CPUs de nona geração não aparecem mais lá. Mas, antes da correção, a tabela estava assim (repare nos chips 9xxx nas linhas Coffee Lake S “6 + 2” e “4 + 2”):

Coffee Lake S

Note que os chips de nona geração estão juntos dos de oitava

De acordo com outra documentação da Intel (não mais disponibilizada), os processadores listados ali e posteriormente ocultados têm estas especificações básicas:

  • Core i3-9000: quatro núcleos, quatro threads, clock de 3,7 GHz, 6 MB de cache, TDP de 65 W;
  • Core i3-9100: quatro núcleos, quatro threads, clock de 3,7 GHz, 6 MB de cache, TDP de 65 W;
  • Core i5-9400: seis núcleos, seis threads, clock de 2,9 GHz (4,1 GHz em boost), 9 MB de cache, TDP de 65 W;
  • Core i5-9400T: seis núcleos, seis threads, clock de 1,8 GHz (3,4 GHz em boost), 9 MB de cache, TDP de 35 W;
  • Core i5-9500: seis núcleos, seis threads, clock de 3 GHz (4,3 GHz em boost), 9 MB de cache, TDP de 65 W;
  • Core i5-9600: seis núcleos, seis threads, clock de 3,1 GHz (4,3 GHz em boost), 9 MB de cache, TDP de 65 W;
  • Core i5-9600K: seis núcleos, seis threads, clock de 3,7 GHz (4,5 GHz em boost), 9 MB de cache, TDP de 95 W.

Todos esses modelos terão gráficos Intel Graphics 630, soquete LGA 1151 (mas precisarão de novos chipsets, aparentemente) e alguns recursos já disponíveis nos chips Coffee Lake-H (para notebooks), como suporte a até seis portas Thunderbolt e a Wi-Fi 802.11ac, e, provavelmente, correções físicas paras as falhas Meltdown e Spectre.

Intel Coffee Lake

Chama atenção o fato de nenhum modelo Core i7 ter aparecido na tabela. Mas isso não quer dizer que processadores dessa linha não estão a caminho. Há alguns rumores de que esses chips terão oito núcleos e, por conta disso, deverão chegar mais tarde, o que explica a falta de menções a eles.

Pelos menos dois novos processadores Core i7 são esperados: o Core i7-9700 e o i7-9700K, ambos com os possíveis oito núcleos, além de 16 threads, embora muitos rumores apontem que eles também terão seis núcleos. O Core i9-9900K é outro modelo que pode fazer parte dessa leva.

A Intel ainda não deu detalhes oficiais, mas a expectativa é a de que os primeiros chips dessa família sejam lançados até o início do próximo trimestre com preços similares aos da série Core 8xxx (e os estoque destes, consequentemente, devem ficar mais baratos).

Possivelmente, essas serão as novas armas da Intel para enfrentar os chips AMD Ryzen de segunda geração.

Com informações: TechRadar, ExtremeTech, VideoCardz.com.