Início » Segurança » Hackers roubam mais de 2 mil litros de gasolina em posto dos EUA

Hackers roubam mais de 2 mil litros de gasolina em posto dos EUA

Por
18 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Um cibertataque realizado em 23 de junho contra um posto de combustível em Detroit, nos Estados Unidos, ainda intriga a polícia. Segundo autoridades locais, hackers conseguiram roubar 600 galões de gasolina, o equivalente a 2,2 mil litros, com relativa facilidade.

Eles precisaram somente de uma conexão remota entre seu dispositivo e a bomba para liberar dar um prejuízo de US$ 1.800 ao estabelecimento. O roubo ocorreu por volta das 13h do horário local em um posto da Marathon e levou 90 minutos para ser concluído.

Para piorar a situação, os hackers conseguiram impedir que a bomba invadida fosse desligada. Em entrevista à Fox 2 Detroit, um funcionário do posto disse que o sistema não estava respondendo. Ele foi obrigado a usar um kit de emergência para fechar a bomba manualmente.

Agora, a polícia quer descobrir justamente qual o dispositivo invadiu o software usado pelo posto de gasolina e como ele foi capaz de impedir o desligamento da bomba.

Nos últimos meses, os sistemas de postos de combustíveis têm sido alvos de diversos ataques nos EUA. De acordo com especialistas, eles ocorrem por conta da falta de segurança. Muitos deles utilizam interfaces baseadas na web e podem ser descobertos facilmente por cibercriminosos.

Um levantamento realizado em 2015 pela TrendMicro apontou que boa parte desses sistemas não contam com senha, permitindo que qualquer um com conhecimentos básicos tome o controle das bombas.

Com informações: Gizmodo.

Mais sobre: ,