Início » Celular » Anatel adianta bloqueio por IMEI de celulares piratas no Rio de Janeiro

Anatel adianta bloqueio por IMEI de celulares piratas no Rio de Janeiro

O cronograma para o bloqueio em outros estados também mudou, com avisos começando em setembro

Felipe Ventura Por

A Anatel vai bloquear celulares piratas no Rio de Janeiro antes do previsto. No estado, que está sob intervenção federal, os aparelhos irregulares receberão mensagens de aviso a partir de 23 de setembro. Por sua vez, o bloqueio será realizado a partir de 8 de dezembro.

Originalmente, os celulares com IMEI irregular seriam bloqueados no RJ em 2019. No entanto, o Gabinete de Intervenção Federal solicitou o adiantamento, que foi aprovado esta semana pelo Conselho Diretor da Anatel.

Foto por Peter Dutton/Flickr

O cronograma para os outros estados também mudou. Esta é a versão atualizada:

  • Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins: alertas a partir de 23 de setembro de 2018, e bloqueio a partir de 8 de dezembro de 2018;
  • Toda a região Nordeste, Amapá, Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Roraima e São Paulo: alertas a partir de 7 de janeiro de 2019, e bloqueio a partir de 24 de março de 2019.

O bloqueio foi implementado em maio no Distrito Federal e em Goiás. Em pouco mais de uma semana, a Anatel já havia barrado 37 mil aparelhos. A ideia é coibir o uso de celulares roubados, com IMEI adulterado ou clonado.

Os aparelhos piratas recebem um SMS dizendo: "[Operadora] avisa: Este celular IMEI XXXXXXXXXXXXXXX é irregular e deixará de funcionar nas redes celulares. Acesse www.anatel.gov.br/celularlegal ou ligue [número da operadora]".

Celulares importados não são afetados

Como a Anatel decide quais celulares bloquear? Um aparelho é considerado irregular quando não possui um número IMEI cadastrado no banco de dados da GSMA, associação global de operadoras.

Isso significa que smartphones importados da Xiaomi, Huawei e outras fabricantes não serão afetados — afinal, eles estão presentes no IMEI DB. A Anatel não leva em consideração se o aparelho foi homologado no Brasil.

Para sanar possíveis dúvidas, a Anatel tem um site para o projeto Celular Legal. Ele explica os detalhes do bloqueio e permite conferir a situação do seu IMEI. Você encontra esse código na caixa do aparelho, ou discando *#06# no app de telefone.

Com informações: TeleSíntese.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Sandro Azedo
Imei valido não pode ser bloqueado porque quem comprou o celular na loja não podeser prejudicado por ter seu imei clonado.
ochateador
Tem que ver se a rede das operadoras (ou anatel) detecta 2 imei ativos de forma simultaneas e com isso bloqueia os 2 celulares.Mas afinal.O imei é travado pelo chip ou pelo aparelho ?
Sandro Azedo
Uffa!Ainda bem que os técnicos de celular não sabem trocar oimei. Já pensou se eles soubessem trocar imei e coloca um imeivalido de um celular quebrado no aparelho chinês?
Franco Luiz
Ate que enfim
ótimo.O que vai ter de gente nao entendendo e puto da vida não vai caber no maracanã.Acho ótimo.