Início » Negócios » Dona do iFood vale quase US$ 1 bilhão após rodada de financiamento

Dona do iFood vale quase US$ 1 bilhão após rodada de financiamento

Movile chega próximo de ser um "unicórnio", empresa de tecnologia que ultrapassa marco de US$ 1 bilhão

Por
1 ano atrás

A Movile, dona do iFood, PlayKids e Rapiddo, recebeu um aporte de US$ 124 milhões para expandir seus negócios no Brasil e em outros países da América Latina. Segundo o TechCrunch, a empresa fundada por Fabricio Bloisi vale quase US$ 1 bilhão.

Ela está chegando próximo de ser um “unicórnio”, nome dado a empresas de tecnologia que ultrapassam o marco de US$ 1 bilhão. Quando isso acontecer, ela se juntará ao restrito grupo ao qual pertencem o Nubank, a 99 e a PagSeguro.

iFood

O Nubank ultrapassou esse marco há alguns meses, após uma rodada de investimentos. A 99 foi adquirida em janeiro pela chinesa Didi Chuxing valendo mais de US$ 1 bilhão. E a PagSeguro está em cerca de US$ 9 bilhões na NYSE, bolsa de valores de Nova York.

No entanto, Bloisi diz ao TechCrunch: “meu sonho não é [a Movile] se tornar um unicórnio, meu sonho é torná-la muito maior do que isso”. Seu objetivo é chegar a 1 bilhão de usuários até 2020, e transformar a empresa em uma holding valendo US$ 10 bilhões.

A Movile planeja investir o dinheiro recém-obtido para expandir algumas de suas startups, como a Sympla (plataforma para venda de ingressos), o Zoop (pagamentos online) e o iFood. O investimento foi liderado pela Naspers, conglomerado de mídia e tecnologia sediado na África do Sul.

Atualmente, a Movile conta com 150 milhões de usuários entre todos os seus aplicativos. Estes são os negócios da empresa:

  • iFood
  • SpoonRocket: delivery de restaurantes selecionados
  • SinDelanta!: delivery de comida no México
  • Mercadoni: compras online em supermercados da Colômbia, Argentina e México
  • Rapiddo: pagamentos para delivery, motoboy, táxi, recarga de celular, entre outros
  • Zoop: pagamentos online e com maquininha de cartão
  • Sympla: compra de ingressos para eventos
  • PlayKids: apps educativos para crianças
  • Wavy: envia mensagens de outras empresas para seus clientes
  • MapLink: mapas e soluções para logística

Em 2017, as startups brasileiras receberam US$ 1 bilhão em financiamento, um valor recorde. A maior parte foi para empresas estabelecidas em São Paulo.

Mais sobre: ,