Início » Internet » YouTube melhora ferramenta para detectar vídeos roubados

YouTube melhora ferramenta para detectar vídeos roubados

André Fogaça Por

O YouTube aumentou sua capacidade de verificar se um vídeo publicado por uma conta é próprio, ou se foi baixado de terceiros e depois reinserido na plataforma. O novo recurso, chamada de Copyright Match Tool (ferramenta de correspondência de direitos autorais, em tradução livre) faz uma análise do conteúdo no momento em que ele é enviado para o servidor, para procurar por algo semelhante em sua base de dados.

youtube iphone

A novidade começará a ser implementada em todo o YouTube a partir da semana que vem, focando em contas que já somam mais de 100 mil inscritos e em um trabalho que alerta o usuário se algo foi encontrado.

Se um vídeo foi detectado como cópia, o dono do conteúdo é notificado e pode escolher entre contatar o responsável pelo reupload; solicitar ao YouTube para que remova o que foi roubado; ou então não fazer nada e arquivar a sinalização.

Vale lembrar que esta ferramenta apenas alertará o primeiro usuário que subiu o vídeo no YouTube, considerado o criador original do conteúdo. Ela não funciona se o vídeo for copiado de uma plataforma concorrente, como o Vimeo, Dailymotion ou mesmo o Facebook.

Por fim, a nova ferramenta impede a monetização do vídeo enquanto a decisão do proprietário do conteúdo não for tomada. Esta atitude é diferente do que já existe no YouTube, e que trabalha nesse sentido de impedir (não com muito trunfo) que uma conta roube vídeo de outra. A ferramenta é chamada de Content ID e está em funcionamento desde 2013.

Durante o último trimestre do ano passado, o YouTube removeu mais de 8 milhões de vídeos por não respeitarem regras da plataforma. O novo método está em fase de testes há mais de um ano, e o YouTube garante que não removerá automaticamente o conteúdo que foi sinalizado.

Com informações: Google.

Mais sobre:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação