Início » Internet » YouTube bane canais que promovem transmissões no Twitch

YouTube bane canais que promovem transmissões no Twitch

Aparentemente, foi um lembrete do YouTube para que os canais não façam "spam" para o Twitch e outras plataformas

Emerson Alecrim Por

Qual o maior rival do YouTube hoje? Certamente, o Facebook, mas o Twitch não fica muito atrás, não. Prova recente disso vem das reclamações de canais como Linus Tech Tips, Surny e Aztrosizt: todos eles foram temporariamente banidos do YouTube por promover transmissões no Twitch.

Youtube - logotipos

O que surpreende nessa abordagem não é a decisão do YouTube de aplicar uma penalização, mas a rigorosidade com a qual o assunto foi tratado. Os termos de uso da plataforma proíbem qualquer tipo de atividade que afaste intencionalmente usuários do YouTube, mas, normalmente, o serviço apenas emite advertências quando detecta violações dos termos ou remove os vídeos problemáticos.

Em vez disso, o YouTube bloqueou abruptamente os canais irregulares. Os responsáveis por eles afirmam que não receberam nenhum aviso prévio sobre o problema ou obtiveram explicações claras sobre o bloqueio. Surny é um exemplo. Via Twitter, ele disse que não é certo o YouTube encerrar um canal inteiro por conta de um vídeo.

Aparentemente, a intenção do YouTube com essa medida é lembrar que todas as regras da plataforma devem ser seguidas. Muitos canais promovem transmissões no Twitch, mas, pelo o que se sabe, nenhuma punição severa havia sido aplicada até então por conta do descumprimento dessa norma.

Essa situação gerou incertezas: com relação ao Twitch, o que exatamente o YouTube considera uma infração? Uma simples menção às transmissões na plataforma rival já é motivo para punições?

Quando questionado sobre isso pelo Polygon, o YouTube indicou tweets recentes que tratam do assunto. Basicamente, as mensagens dizem que você pode criar vídeos promovendo ou linkando transmissões para o Twitch, mas se o objetivo principal desse conteúdo for o de direcionar usuários para fora da plataforma, essa ação poderá ser considerada uma prática de spam.

Mas, considerando o interesse crescente do YouTube pelo segmento gamer, é impossível não desconfiar de que o serviço esteja, na verdade, tentando se impor ao Twitch, tanto quanto possível.

Pelo menos essa história não teve um desfecho drástico, a despeito do trauma: a punição foi mesmo temporária. Muitos canais afetados já estão disponíveis no YouTube novamente.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

thejorsias

"Politicamente correto"

kkkkkk

Denis Belo

No caso do Linus Tech Tips, ele tomou um Strike e ficou incapaz de fazer Live no YouTube por um tempo, mas o canal não foi bloqueado. Se não me engano na sexta feira ele já estava fazendo live no youtube novamente, e disse que não iriam mais postar os vídeos avisando sobre a Live na Twitch, pra não tomar outro Strike.

johndoe1981

Tá bloqueando é pouco, tem que ser muito folgado mesmo de criar vídeo com o único intuito de promover o serviço concorrente.

Eric Viana

Não estou sabendo disso não!

Eduardo Braga

Isso faz tempo. Não sei se ele ainda rouba. E mesmo que ainda roube, não acho que seja passível de receber strike.

DumbSloth87

São audiências completamente diferentes, quem tá acostumado a ver gameplay de 20-30 minutos no YouTube não vai passar 4 horas num stream do Twitch.

Airon de Souza (Nash)

Ah, esse Cube TV é Azubu all over again. Chega oferecendo rios de dinheiro aos streamers, depois a torneira seca e todo mundo corre com o rabinho entre as pernas de volta pro Twitch.

Kimi Morgam

*youtube

Kimi Morgam

YouTube está correto.

Além do que nos termos de uso está escrito que não pode fazer isso.

A galera do rei na barriga acha que por que tem milhões de inscritos pode ir lá e cagar a plataforma fazendo spam, não, não pode.

Se você está no yotuurn tem que manter seu público no YouTube.
Se esta na Twitch, na Twitch.

O YouTube fazer isso não é nada anormal nem chocante.

O Facebook diminui alcance do seu post se o mesmo tiver links e ainda te obriga a pagar se quiser o alcance total da pagina, por que o Facebook pode e. O YouTube não?

Politicamente correto + hipocrisia.

Renan Alves

lembra a globo

BRLOK

Pode isso Arnaldo?! Kkkkk os caras daqui a pouco vão pro hitbox...

Lucas Carvalho

se for verdade, tá explicado os strikes

João

Agora que os grandes migram pra twitch de vez. Saudades da época de ouro do youtube, agora estão abrindo cada vez mais espaço para concorrentes - Amazon tem que vir logo. Imagine os youtubers de gaming fazendo lives e postando em um canal integrado à twitch sendo da Amazon. Delíquia.

Pedro Brito

No ao vivo, o Cube TV chegou no brasil oferecendo uma grana alta a cada 100 horas de stream e já "roubou" vários streamers br da Twitch. O app até que é bonzinho, mas o site precisa melhorar e muito pra chegar no nível da Twitch.

Caleb Enyawbruce

Hy. Po. Cri. Sy.

Exibir mais comentários