Início » Jogos » Inteligência artificial do jogo Aliens: Colonial Marines ficou burra devido a erro de digitação

Inteligência artificial do jogo Aliens: Colonial Marines ficou burra devido a erro de digitação

André FogaçaPor

Aliens: Colonial Marines é um dos muitos jogos que existem dentro do guarda-chuva da franquia Aliens, do cinema. O game prometia medo, tensão e tudo mais que os longas entregaram em décadas de vida. O problema é que a inteligência artificial que controla os personagens ficou burra e a culpa está em uma simples letra dentro de seu código.

O jogo não é novo, foi lançado cinco anos atrás para PlayStation 3, Xbox 360, PC, WiiU e no serviço de nuvem OnLive, com a promessa de trazer todo o universo de tensão, sustos, escuridão e claustrofobia que existe nos filmes. Desenvolvido pela Gearbox Software e distribuído pela Sega, o jogo esbarrou em alguns erros de inteligência dos inimigos.

De acordo com um post no fórum ResetEra, uma atualização em um dos mods do título consegue resolver a falha da desenvolvedora. Segundo a publicação, apenas mudando uma letra na palavra Teather, para Tether em um arquivo chamado PecanEngine.ini do game, resolve por completo a forma não agressiva que os xenomorfos perseguem e atacam o personagem controlado pelo jogador.

A linha de comando no arquivo está assim:
ClassRemapping=PecanGame.PecanSeqAct_AttachXenoToTether -> PecanGame.PecanSeqAct_AttachPawnToTeather

Corrigida, fica assim:
ClassRemapping=PecanGame.PecanSeqAct_AttachXenoToTether -> PecanGame.PecanSeqAct_AttachPawnToTether

Sem a correção, o Alien corre na direção do personagem e ataca. Se não consegue, ele explode e some. Com a alteração da palavra no arquivo, o Alien explora melhor o ambiente, sendo capaz de flanquear o personagem e dispersar o grupo de Aliens em grupos menores, para um novo ataque. Nada disso acontecia e a culpada é da palavra escrita errada – quando o jogo chegava nela, nada acontecia por não entender o que deveria fazer.

O site PCGamer fez a alteração e afirma que os Aliens estão muito mais agressivos e são mais inteligentes em saber onde o personagem do jogador está.

Com informações: Engadget e Ars Technica.

Comentários

Envie uma pergunta