Início » Celular » O Nokia X5 é um smartphone intermediário com notch e preço camarada

O Nokia X5 é um smartphone intermediário com notch e preço camarada

Novo intermediário chega com especificações interessantes para o preço cobrado

André Fogaça Por

Se você não curte o notch, tem um motivo a menos para ficar animado com o ano de 2018 para os smartphones. A Nokia revelou oficialmente o lançamento do X5, um intermediário com entalhe na parte de cima da tela e que vem equipado com processador Helio P60, que foi lançado durante a MWC deste ano.

O visual do novo X5 lembra bastante o que a Nokia, marca finlandesa controlada pela HMD Global, fez com o X6 lançado em maio deste ano, e que também abusava do novo hype do momento para telas: o notch. O lançamento de hoje é mais um intermediário com boas especificações e preço convidativo.

Nokia X5

A lista de especificações inclui tela de 5,86 polegadas em resolução HD+ (1520x720 pixels) e proporção de 19:9, processador Helio P60 octa-core, 3 ou 4 GB de memória RAM e opções entre 32 e 64 GB de espaço interno. O corpo é feito em vidro na parte traseira que guarda um conjunto duplo de câmeras, com 13 megapixels para o sensor principal e abertura f/2,0, e 5 megapixels para o secundário.

A bateria é de 3.060 mAh e roda o Android 8.1 instalado já de fábrica, com a promessa da fabricante para atualizar o dispositivo para o Android P, assim que ele estiver pronto para isso.

Assim como a maioria dos smartphones chineses, o que chama atenção não é bem o conjunto de hardware ou software, mas sim o preço. O modelo de 3 GB de RAM e 32 GB de espaço interno será vendido por US$ 148 (aproximadamente R$ 580 em conversão direta), com o preço subindo para US$ 208 (pouco mais de R$ 800, sem considerar impostos ou taxas) para a versão com o dobro de memória e 1 GB extra de RAM.

O Nokia X5 será lançado nesta quinta-feira (19) na China, sem previsão para o lançamento em outros mercados, muito menos o brasileiro - que até agora não recebeu nenhum smartphone lançado pela Nokia, após a compra da marca pela HMD Global.

Com informações: GSMArena e Phone Arena.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leonardo Feelckins

compraria sem pensar duas vezes!

Josiel Hen

No caso da Nokia -e tantas outras- foi ilógico mesmo (dito por cima, porque não sei como os componentes do aparelho estão alocados na borda inferior ou o valor de deixar 1/4 de centímetro abaixo), de tantos aparelhos que usaram o máximo que podiam sem ter de usar a mesma técnica do x, aquela borda inferior gigante faz o design do aparelho parecer preguiçoso, tão mais com a borda superior ainda sem um preenchimento igual ao das laterais.

paulo yan

Oh NOKIA, você estava indo tão bem

Plinio De Marco Junior

Não sei porque essa insistência de dizer que a Nokia não é Nokia, toda reportagem é a mesma coisa, a Nokia licenciou a HDM para o desenvolvimento dos aparelhos, quem fabrica é a Foxconn, assim como Apple e outras marcas fazem o mesmo, nunca li "Foxconn que produz o iPhone sob licença da Apple, lança modelo blá blá blá..."

E que volte logo pro Brasil, estou postando com meu Nokia 8, Android 8.1, atualização de segurança de julho e bateria interminável.

Luciano

Fodª-se notch!

🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ

Achei bonito, compraria facilmente para usar como segundo smart.

Charlie

Eu discordo,, quanto mais opções melhor...e as pessoas estão de saco cheio de comprar Samsung,Asus e Motorola (os mais fáceis de encontrar em lojas)..acredito que se a Nokia se reestabelecer por aqui novamente terão bastante exito (Eles acabaram de voltar para o mercado latino começando pela Argentina).Eu era usuário de Windows Phone desde 2011(Lumia 710 até o 650) e acabei mudando de plataforma com o Nokia 6 2017 e não tenho do que reclamar: Tela com ótima definição, alto falante duplo stereo, performance estável e sem engasgos, bateria que dura horrores, acabamento/construção impecável e o melhor: Atualizações constantes e rápidas, tanto do sistema operacional (Oreo 8.1) como dos pacotes de segurança (julho de 2018). Recomendo :)

Fábio Moser

Com esse notch aí, pode ficar na Europa e na Ásia, Nokia. Não faz mais falta aqui.

Tori

HMD sempre foi finlandesa

Drax

A tela do Iphone faz uma curva para baixo, para poder aproveitar melhor o espaço frontal. Acho que essa tela curva é cara, por isso as empresas não estão adotando

Krosna Terrestre

Não pode ser tão caro assim

Don Ramón

Notch e queixo...

Arthur Bernardo Rocha

na verdade tem muitos videos explicando o pq dessa borda inferior, precisa de conectores na tela, então é necessário esse espaço. O que o Iphone X fez foi alongar essa tela e dar uma volta pra trás, isso altera o preço do aparelho de forma gigantesca. Já o notch hoje é só pq é estiloso msm

Deibson Oliveira

Queria muito entender a lógica de colocar um notch e deixa a borda inferior.

Se é pra aproveitar ao máximo a parte frontal que façam bem feito.

ばか

Esta noticia conseguiu me confundir.

No retorno da Nokia ela foi dividida em dois segmentos, Smartphones, vendidos pela finlandesa HMD Global, e Feature phones por uma empresa chinesa (FIH eu acho).
Em que momento a HMD virou chinesa e eu não vi? Nokia controlada pela HMD? Ou eu parei no tempo ou o jornalista ai tropeçou feio.

Exibir mais comentários