Início » Celular » O smartphone dobrável da Samsung ficou para 2019

O smartphone dobrável da Samsung ficou para 2019

Protótipo da Samsung mede 7 polegadas quando aberto, e pode ser dobrado ao meio como uma carteira

Por
44 semanas atrás

A Samsung cogita lançar smartphones dobráveis há anos. O presidente da divisão de dispositivos móveis, DJ Koh, prometeu um Galaxy Note dobrável para 2018. No entanto, parece que o aparelho ficou para o ano que vem.

De acordo com o Wall Street Journal, a Samsung planeja lançar um smartphone dobrável no início de 2019. O protótipo tem codinome interno “Winner” e mede 7 polegadas quando aberto. A tela pode ser dobrada ao meio “como uma carteira”, mostrando um pequeno display em formato de barra na frente, além das câmeras na traseira.

O lançamento inicial seria em menor escala, para mercados específicos, e ganharia uma estreia mais ampla no segundo semestre de 2019 se for bem-sucedido. Este aparelho poderia ser o início de uma nova categoria de produtos, junto ao Galaxy S e Galaxy Note.

Fontes dizem ao WSJ que a Samsung quer ser a primeira empresa a produzir um celular com tela dobrável. Altos executivos deram maior prioridade a esse projeto nos últimos meses. A ideia é combater as vendas fracas de smartphones; ela prevê um lucro abaixo do esperado devido ao Galaxy S9.

O preço poderia “facilmente ultrapassar US$ 1.500”, no entanto. A coreana aposta que o fator novidade seria o bastante para convencer alguns clientes.

Algumas empresas já lançaram smartphones dobráveis, como o ZTE Axon M: ele possui duas telas que podem funcionar como uma só. A Samsung, por sua vez, prepara um celular cujo display único pode ser dobrado ao meio.

Vimos na CES 2013 (!) o primeiro conceito da Samsung para um smartphone que vira tablet. Em 2015, ela trabalhou no Project Valley, que seria basicamente um Galaxy S6 com duas telas; mas nunca o lançou. Será que agora vai?

Mais sobre: